Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Caracterização dos serviços que atendem adolescentes: interfaces entre saúde mental e drogadição

Texto completo
Autor(es):
Nichollas Martins Areco ; Matias Camila Alessandra ; Rosalina Carvalho da Silva ; Cristiane Paulin Simon
Número total de Autores: 4
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Psicologia & Sociedade; v. 23, n. 1, p. 103-113, Abr. 2011.
Resumo

A relação entre Estado e atendimento às demandas dos adolescentes sofreram mudanças históricas, tendo como importante marco a criação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Analisamos, com enfoque qualitativo, como os serviços de saúde mental e drogadição de um município do Estado de São Paulo compreendem a demanda dos adolescentes em situação de vulnerabilidade social. As cinco instituições participantes informaram, por meio de questionários, as características dos serviços oferecidos e sua aproximação com a população atendida. Identificamos a fragmentação entre as ações públicas, havendo ora sobreposição de serviços, ora ausência desses, além do distanciamento das necessidades dos adolescentes, o que impossibilita que essas ações ofereçam elementos para que esse público mantenha uma relação positiva frente aos elementos vulnerabilizantes (AU)