Busca avançada
Ano de início
Entree


Auto-ajuda e a reificação da crise da meia idade

Texto completo
Autor(es):
Talita Pereira de Castro
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Heloisa André Pontes; Mirian Goldenberg
Orientador: Guita Grin Debert
Resumo

Tendo em vista processos contemporâneos de negação da velhice, multiplicação das marcas identitárias e exaltação da juventude como valor, proponho uma análise da forma como a crise da meia-idade aparece em publicações de auto-ajuda nacionais. Dada a centralidade das imagens do lobo e da loba para caracterização de mais esse período da vida adulta, no Brasil, nestas concentro meus esforços analíticos. O esforço é pela apreensão das alterações que as inflexões de gênero trazem para a configuração da meia-idade nessa mídia. De um lado, a construção da imagem de um homem frágil e infantilizado e, de outro, a de uma mulher poderosa, que continua a seduzir, a despeito das transformações físicas que marcam o período. A partir do referencial teórico da sociologia das emoções e do cuidado, e das discussões sobre gerações, proponho uma reflexão sobre as expectativas sócio-emocionais para essa fase da vida. (AU)