Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Violências do Estado na produção de territórios, informalidade e redes de proteção

Texto completo
Autor(es):
Renato Abramowicz Santos [1]
Número total de Autores: 1
Afiliação do(s) autor(es):
[1] Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Sociologia - Brasil
Número total de Afiliações: 1
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Cadernos Metrópole; v. 26, n. 59, p. 283-308, 2023-12-01.
Resumo

Resumo Este artigo toma as remoções como prisma descritivo e analítico para perspectivar a produção do espaço urbano e do conflito, a partir, sobretudo, da violência produzida pelo Estado. O texto tem como base empírica pesquisa etnográfica realizada no centro de São Paulo, onde a força do Estado se revela na realização de remoções, deslocamentos, destruição de territórios e de tecidos sociais longamente constituídos, como também na produção de informalidade e mercados informais; relaciona-se também com a articulação de redes e arranjos de proteção (habitacionais, inclusive) como respostas a essas violências. É objetivo, também, observar nessas disputas a mobilização e a instrumentalização tática e situacional das tramas institucionais, vendo como nessa movimentação conflitiva outros e novos repertórios e práticas são criados. (AU)

Processo FAPESP: 20/02075-1 - Despossessões e deslocamentos urbanos: produção de espaços e formas de vida
Beneficiário:Renato Abramowicz Santos
Modalidade de apoio: Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo FAPESP: 22/06583-7 - A violência do Estado na produção de conflito, espaços, e redes de proteção frente a processos de despossessão e deslocamento
Beneficiário:Renato Abramowicz Santos
Modalidade de apoio: Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado