Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Consumo alimentar residual de bezerros Nelore na pré e pós-desmama tem baixa repetibilidade

Texto completo
Autor(es):
Luana Lelis Souza ; Flávia Cristina Bis [2] ; Leandro Sannomiya Sakamoto [3] ; Danielly Fernanda Broleze [4] ; Camila Delveaux Araújo Batalha [5] ; Maria Eugênia Zerlotti Mercadante [6]
Número total de Autores: 6
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Ciência Rural; v. 51, n. 6 2021-04-12.
Resumo

RESUMO: Este estudo teve como objetivo mensurar o consumo de leite e sólidos no período pré-desmama e o consumo alimentar no período pós-desmama, e relacioná-los com características de desempenho e comportamento ingestivo de animais classificados como mais eficientes e menos eficientes. Na fase pré-desmama foram avaliados 51 pares vaca-bezerro da raça Nelore quanto à eficiência alimentar dos 21±5 dias após o parto até a desmama. Na fase pós-desmama, apenas os bezerros machos (n=23) foram avaliados. O consumo de leite dos bezerros na pré-desmama foi estimado pela produção de leite das vacas. O consumo diário de energia metabolizável do bezerro na pré-desmama (CEM), foi estimado pela soma do consumo de energia metabolizável do leite e do consumo diário de energia metabolizável da dieta. Bezerros CARpre negativo não diferiram dos bezerros CARpre positivo quanto ao GMD, resultando em melhor CA dos bezerros mais eficientes. Bezerros mais eficientes ficaram menos tempo no cocho, com menor duração da refeição e com maior taxa de alimentação comparativamente aos animais menos eficientes. As correlações entre o consumo alimentar e peso corporal metabólico dos animais na pré e pós-desmama foram positivas, de média a alta magnitudes e significativas, enquanto que a correlação entre ganho médio diário foi próxima de zero. Os resultados sugerem que parte dos animais classificados pelo consumo alimentar na pré-desmama manterão a classificação na pós-desmama. Na fase pré-desmama bezerros classificados como mais eficientes tem ganho de peso similar, porém com menor consumo de leite e consumo de energia metabolizável do que bezerros menos eficientes. A estimativa do consumo alimentar residual na fase pré-desmama é fracamente relacionada à estimativa do consumo alimentar residual na fase pós-desmama, mostrando que o consumo alimentar residual não é consistente e repetível nos dois períodos. (AU)

Processo FAPESP: 18/17313-5 - Emissão de metano entérico, eficiência alimentar e digestibilidade de bovinos da raça Nelore
Beneficiário:Leandro Sannomiya Sakamoto
Modalidade de apoio: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 15/02066-4 - Avaliação fenotípica da eficiência alimentar e produtiva, e do perfil metabólico de matrizes nelore
Beneficiário:Maria Eugênia Zerlotti Mercadante
Modalidade de apoio: Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo FAPESP: 18/20080-2 - Eficiência alimentar de matrizes gestantes da raça Nelore e potencial de desenvolvimento de tecidos corporais de suas progênies
Beneficiário:Camila Delveaux Araujo Batalha
Modalidade de apoio: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo FAPESP: 18/12504-7 - Fenotipagem de machos Nelore para emissão de metano entérico em teste de eficiência alimentar
Beneficiário:Luana Lelis Souza
Modalidade de apoio: Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico