Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Efeito Cardiodepressor do Acetato de Eugenil em Coração de Roedor

Texto completo
Autor(es):
Leisiane Pereira Marques [1] ; Samuel Santos Beserra [2] ; Danilo Roman-Campos [3] ; Antonio Nei Santana Gondim
Número total de Autores: 4
Afiliação do(s) autor(es):
[1] Universidade do Estado da Bahia. Departamento de Educação - Brasil
[2] Universidade Federal de São Paulo – Biofísica - Brasil
[3] Universidade Federal de São Paulo – Biofísica - Brasil
Número total de Afiliações: 4
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Arquivos Brasileiros de Cardiologia; v. 115, n. 5, p. 967-970, Nov. 2020.
Citações Web of Science: 0
Resumo

Resumo No presente trabalho investigou-se o efeito inotrópico do acetato de eugenil (AE), bem como sua ação sobre a corrente de Ca2+ do tipo L (ICa,L). Os experimentos de contratilidade foram realizados em átrio esquerdo isolado de cobaia exposto às concentrações crescentes da droga (1 a 5.000μM). O AE reduziu a força de contração atrial (IC50=558±24,06μM) de modo dependente de concentração. O efeito do AE sobre a ICa,L também foi avaliado em cardiomiócitos ventriculares isolados de camundongos, utilizando-se a técnica de “patch-clamp”. O AE apresentou um efeito inibitório (IC50=1.337±221μM) sobre os canais de Ca2+ sensíveis à voltagem (CaV1.2). Em conclusão, o AE apesenta efeito cardiodepressor que se deve, pelo menos em parte, à diminuição da entrada de Ca2+ nos cardiomiócitos. (AU)

Processo FAPESP: 14/09861-1 - Papel da corrente tardia de sódio nas arritmias cardíacas herdadas e adquiridas: da biofísica à procura de novos alvos terapêuticos
Beneficiário:Danilo Roman Campos
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Jovens Pesquisadores