Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Margens de lucro, taxas de câmbio e mudança estrutural: evidências empíricas para o período 1996-2017

Texto completo
Autor(es):
NELSON MARCONI [1] ; GUILHERME MAGACHO ; JOÃO GUILHERME R. MACHADO [3] ; RAFAEL DE AZEVEDO RAMIRES LEÃO [4]
Número total de Autores: 4
Afiliação do(s) autor(es):
[1] Fundação Getulio Vargas. Escola de Administração de Empresas de São Paulo - Brasil
[3] Fundação Getulio Vargas. Escola de Administração de Empresas de São Paulo - Brasil
[4] Fundação Getulio Vargas. Escola de Administração de Empresas de São Paulo - Brasil
Número total de Afiliações: 4
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Rev. Econ. Polit.; v. 40, n. 2, p. 285-309, 2020-04-17.
Resumo

RESUMO A pesquisa busca entender a relação entre a taxa de lucro e a taxa de câmbio e como essa relação pode impactar a estrutura produtiva. Construímos um modelo teórico no qual a taxa de câmbio influencia a taxa de lucro e argumentamos que, embora taxas de câmbio valorizadas possam beneficiar setores com altos coeficientes de insumos importados no curto prazo, porque diminuem seus custos, afeta negativamente a demanda agregada e também a sua demanda específica, podendo reduzir, portanto, a taxa de lucro desses setores, a médio prazo. No caso brasileiro, esses setores são os manufatureiros de alto conteúdo tecnológico. (AU)

Processo FAPESP: 19/01353-0 - A tendência à sobreapreciação cíclica da taxa de câmbio e sua relação com a taxa de investimento e a mudança estrutural em países latino-americanos
Beneficiário:Luiz Carlos Bresser Gonçalves Pereira
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular