Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Incentivos monetários para professores: avaliação, gestão e responsabilização na educação básica

Texto completo
Autor(es):
Eric Ferdinando Kanai Passone
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Cad. Pesqui.; v. 44, n. 152, p. 424-448, 2014-06-00.
Resumo

No âmbito da reforma educacional brasileira, o crescente interesse dos governos e legisladores pelas políticas de responsabilização dos professores e das escolas reflete no deslocamento de foco das investigações e pesquisas, que passou da avaliação externa da educação básica à avaliação como mecanismo de gestão educacional por resultados. A presente revisão crítica da literatura visa a situar a polêmica acerca da utilização dos resultados de testes padronizados como instrumentos de gestão educacional e regulação do trabalho escolar por meio dos incentivos monetários por desempenho. O artigo mostra que os discursos dos especialistas oscilam entre dois extremos: de um lado, estão os que criticam tais propostas e buscam investigar os reflexos da reforma política sobre a organização da educação e do ensino; de outro, os que defendem sua implementação como meio de responsabilização dos profissionais e de uma suposta melhoria da qualidade educacional. Entre essas duas posições, há aqueles que demandam mais evidências científicas sobre a efetividade de tais propostas sobre o aprendizado dos alunos. (AU)

Processo FAPESP: 13/02840-6 - Da avaliação da educação básica aos incentivos por resultados: uma abordagem pelo discurso psicanalítico
Beneficiário:Eric Ferdinando Kanai Passone
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado