Busca avançada
Ano de início
Entree

Ana Cristina Colla

CV Lattes GoogleMyCitations


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Artes (IA)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Ana Cristina Colla é atriz-pesquisadora do LUME (Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da Unicamp) desde 1994, membro do Conselho Artístico e de Pesquisa do Núcleo. É autora dos livros Da minha janela vejo... - Relato de uma trajetória pessoal de pesquisa no LUME (2006, HUCITEC), Caminhante, não há caminho. Só rastros (2013, Ed. Perspectiva) e Práticas Teatrais: sobre presenças, treinamentos, dramaturgias e processos (com Renato Ferracini e Raquel Scotti Hirsosn, 2020, Ed. Unicamp) e de artigos em livros e periódicos. Doutora e Mestre pelo Instituto de Artes da UNICAMP e Professora Plena no Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena na mesma universidade. Apresenta espetáculos e ministra workshops, palestras, demonstrações técnicas e pesquisas de campo sobre o trabalho desenvolvido no Lume em diversas cidades do Brasil e do exterior. Com ênfase na Prática como Pesquisa, é apaixonada pelos temas: atuação, mímesis corpórea, dança pessoal, dança butoh, desmontagem. No plano da escrita, persegue a pergunta: qual é o verbo da/o atriz/ator? Realizou intercâmbios de criação com Natsu Nakajima, Anzu Furukawa, Tadashi Endo, Norberto Presta, Sue Morrison, Grace Passô e Emilio García Wehbi. Participa como atriz nos seguintes espetáculos do LUME: Parada de Rua (1995), Café com Queijo (1999), Um Dia... (2000), Shi-zen, 7 Cuias (2003), O que seria de nós sem as coisas que não existem (2006), Você (2009), Os Bem Intencionados (2012), SerEstando Mulheres (2013) e Kintsugi, 100 memórias (2019). Dirigiu os espetáculos Espiral - Brinquedo Meu, com o ator-músico Helder Vasconcelos, Gaiola de Moscas e Tu sois de onde, com o grupo Peleja, Alphonsus, com a atriz do Lume Raquel Scotti Hirson, Vento, Brisa e Ventania" (Coletivo Aléia), Grassa Crua com a performer Fernanda Magalhães e Uji- O Bom da Roda com o ator-músico Edu de Maria, do Núcleo Cultural Cupinzeiro.. Foi co-criadora e assistente de direção do espetáculo multimídia PERCH: Uma celebração de Voos e Quedas (2014), em parceria com os coletivos Conflux (Escócia) e Legs on the Wall (Austrália). Realizou a tutoria de pesquisa e criação da dramaturgia do espetáculo TransOhno junto ao Coletivo As Travestidas. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 20/11/2021
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

BARROS, Isis Andreatta. Formas de contágio : estudo a partir da contaminação entre Mímesis Corpórea e dança contemporânea. Dissertação (Mestrado) -  Instituto de Artes.  Universidade Estadual de Campinas.  (12/16323-0

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: