Busca avançada
Ano de início
Entree

Andréia Bagliotti Meneguin

CV Lattes


Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Pós-doutoranda (BP-PD/FAPESP, 2020-atual) do laboratório de Farmacotécnica e Tecnologia Farmacêutica da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara (FCFAR-UNESP) sob supervisão do Prof. Dr. Marlus Chorilli. Pós-doutorado (Bolsa de Desenvolvimento Tecnológico e Industrial, DTI, 2018-2019) no Instituto de Física da USP de São Carlos (IFSC) sob supervisão do Prof. Dr. Vanderlei Bagnatto vinculado à Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), juntamente com a empresa Seven Produtos Biotecnológicos (Londrina), no desenvolvimento de novos biocurativos ativos baseados em celulose bacteriana e polissacarídeos para tratamento de feridas complexas. Pós-doutorado em Ciências dos Materiais pela Universidade Federal do Piauí (PNPD-CAPES, 2016-2018) no desenvolvimento de sistemas de liberação oral de fármacos baseados em resíduos naturais brasileiros. No empreendedorismo tecnológico, coordenou projeto PIPE-FAPESP (Fase-I) junto com a empresa LabMaq do Brasil no desenvolvimento de um novo excipiente farmacêutico baseado em nanofibras de celulose pela técnica de spray-drying e foi cofundadora da empresa BioSmart Nanotechnology em Araraquara. Possui patentes com empresas e colaboração Universidade-Empresa. Possui Doutorado (2016) e Mestrado (2012) em Ciências Farmacêuticas, na área de Farmacotécnica e Tecnologia Farmacêutica da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Araraquara (UNESP), atuando no desenvolvimento de sistemas para liberação cólon-específica de fármacos e, especialmente, em plataformas tecnológicas para administração oral de insulina. Fez estágio supervisionado durante o Doutorado (BEPE-FAPESP) na Université Clermont-Auvergne, Clermont-Ferrand, França, com o Prof. Dr. Eric Beyssac, Laboratoire de Biopharmacie et Pharmacie Galenique, no estudo da permeação intestinal de microsistemas utilizando modelos celulares. Graduada em Farmácia pela Universidade de Araraquara (2009). No ensino de graduação, atuou como professora substituta na disciplina de Farmacotécnica (2018) e, desde então, como colaboradora na disciplina de Tecnologia Farmacêutica da FCF/UNESP de Araraquara. É editora convidada das Revistas Pharmaceuticals e Life. Na pesquisa, atua principalmente nos seguintes temas: sistemas orais de liberação controlada de fármacos, formas farmacêuticas sólidas, sistemas cólon-específicos, estratégias para vetorização de fármacos no tratamento das doenças do trato gastrintestinal, administração oral de proteínas/peptídeos, desenvolvimento de novos materiais a partir de polissacarídeos naturais, argilas, biopolímeros, reticulação de polímeros, nanotecnologia, celulose bacteriana, e nanocompósitos, revestimento peliculado via leito fluidizado e desenvolvimento de excipientes orais via spray drying. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 02/07/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Patente(s) depositada(s)

PROCESSO PARA ENCAPSULAÇÃO DA INSULINA EM MICROPARTÍCULAS DE GOMA GELANA REVESTIDAS COM FILMES DE AMIDO RESISTENTE E PECTINA, MICROPARTÍCULAS MUCOADESIVAS DE GOMA GELANA CONTENDO INSULINA REVESTIDAS COM FILMES DE AMIDO RESISTENTE E PECTINA, E USO DA MESMA BR1020160286751 - Universidade Estadual Paulista (UNESP). Andréia Bagliotti Meneguin; Beatriz Stringhetti Ferreira Cury; Maria Palmira Daflon Gremião - 06 de dezembro de 2016

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: