Busca avançada
Ano de início
Entree

Mariana Moraes de Oliveira Sombrio

CV Lattes


Universidade de São Paulo (USP). Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE)  (Instituição Sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Bacharel e Licenciada em História pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp (2004). Mestre (2007) e Doutora (2014) em Política Científica e Tecnológica pelo Instituto de Geociências da Unicamp (área de pesquisa: História das Ciências). Durante o doutorado, realizou estágio de pesquisa no Instituto Smithsonian-EUA (PDSE-Capes, 2013). Realizou pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Museologia da USP (PPGMus) entre 2015 e 2019 (PNPD Capes e PD Fapesp). Desenvolveu também estágio de pesquisa no Instituto Tecnológico da Aeronáutica, na área de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia (Projeto FINEP/Expanita, 2016). Atualmente é Professora Adjunta da Universidade Federal do ABC (UFABC), colaboradora do Núcleo de Estudos de Gênero Esperança Garcia (UFABC) e Coordenadora do Curso de Licenciatura em Ciências Humanas (LCH-UFABC). Áreas de pesquisa: história social das ciências no Brasil; história contemporânea; estudos de gênero e ciências; trajetórias de mulheres cientistas; museologia; estudos de gênero em museus. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 27/05/2023
2 Bolsas no país concluídas

Processos vinculados
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Wanda Hanke: coletora autônoma


Publicado em 06 de setembro de 2017 - Pesquisa FAPESP. Nos anos 1930, a austríaca Wanda Hanke viajou sozinha pela América do Sul para estudar populações indígenas. Mariana Moraes de Oliveira Sombrio, pesquisadora do Programa de Pós-graduação Interunidades em Museologia da USP, fala sobre a importância e história da etnógrafa que, sem apoio institucional, passou os últimos 25 anos de sua vida em florestas no interior da Argentina, Bolívia, Brasil e Paraguai.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: