Busca avançada
Ano de início
Entree

Sônia Salzstein Goldberg

CV Lattes ResearcherID


Universidade de São Paulo (USP). Escola de Comunicações e Artes (ECA)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Sônia Salzstein é Professora-Titular de História da Arte e Teoria da Arte junto ao Departamento de Artes Plásticas da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, onde coordena o Centro de Pesquisa em Arte Brasileira, atuando na graduação e na pós-graduação. Publicou inúmeros estudos sobre arte moderna e contemporânea, abordando, entre outras, as obras de Tarsila do Amaral, Alfredo Volpi, Franz Weissmann, Iberê Camargo, Antonio Dias, Iole de Freitas, Mira Schendel e Waltercio Caldas. Tem, igualmente, diversos textos publicados sobre questões culturais ligadas à globalização e à modernização em contextos periféricos, tema central de sua tese de doutorado, defendida em 2001 no Departamento de Filosofia da FFLCH da USP. Trabalhou durante mais de quinze anos na gestão de instituições culturais públicas no Brasil, e em 1989 implantou, no Centro Cultural São Paulo, órgão da Secretaria Municipal de Cultura da capital paulista, um espaço dedicado a projetos artísticos experimentais e à produção jovem. As inúmeras exposições de arte contemporânea de que foi curadora nesse periodo (1989-1992) foram acompanhadas pela edição de publicações e pela organização de cursos e workshops voltados à formação de jovens artistas. Coordenou, junto à Editora Cosac Naify, a Coleção Outros Critérios, dedicada principalmente à arte moderna e contemporânea, tendo organizado, entre outras antologias, a obra Diálogos com Iberê Camargo (2004), Modernismos, reunindo ensaios de T.J. Clark (2006) e Matisse/Imaginação, erotismo e visão decorativa (2009). Foi curadora de exposições de Tarsila do Amaral, Mira Schendel, Iberê Camargo, Alfredo Volpi, Antonio Dias, entre inúmeras outras, com artistas emergentes. Participou em diversos conselhos diretores e comitês assessores de instituições de arte e cultura no país, como a Comissão Nacional de Artes Plásticas da FUNARTE/MiNC (1987-88), Fundação Iberê Camargo (2000-2006), Instituto de Arte Contemporânea - IAC (2007-2010), Conselho de Curadoria do Centro Universitário Maria Antonia/USP (2008-2012) e Conselho Deliberativo do Instituto de Estudos Brasileiros - IEB/USP (2007-2009). Desde 2009, a partir de trabalho sobre a obra de Henri Matisse, principalmente, mas também da revisão do modernismo europeu dos séculos XIX e XX, busca reexaminar o legado do modernismo na cultura contemporânea, com ênfase em análises comparativas da arte europeia, brasileira, norte-america e latino-americana. No mesmo período, veio tratando de questões teóricas ligadas ao novo estatuto da crítica de arte, tendo organizado em novembro de 2011, no Centro Universitário Maria Antonia, junto a uma comissão de docentes e pesquisadores da USP, o seminário "Atualidade da crítica: entre a síntese e a complexidade". (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 27/11/2021
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (1)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: