Busca avançada
Ano de início
Entree


Manhês, acalanto e desenvolvimento humano: um estudo psicanalítico sobre o estabelecimento das relações objetais através dos elementos sonoro-musicais

Texto completo
Autor(es):
Vinicius Martinucho Godeguezi
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Bauru. 2021-06-16.
Instituição: Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Ciências. Bauru
Data de defesa:
Orientador: Érico Bruno Viana Campos
Resumo

A compreensão do desenvolvimento na teoria psicanalítica é de fundamental importância tanto enquanto parte de seu arcabouço teórico, quanto como fundamento para embasar intervenções técnicas e clínicas. Nesse sentido, é reconhecida a grande relevância da palavra no estabelecimento de laços afetivos através da linguagem. Entretanto, o som, elemento primordial e anterior à palavra, não tem sido amplamente estudado no âmbito da psicanálise. Tendo isso em vista, a presente dissertação pretende buscar uma articulação entre as propriedades sonoras e musicais da voz presentes nos fenômenos do manhês e do acalanto com os primeiros laços estabelecidos na relação mãe/bebê. O trabalho teve o objetivo de analisar a produção psicanalítica a respeito do assunto no intuito de compreender como os elementos sonoro-musicais incidem no processo de erotização e na instauração de um circuito pulsional que possibilitará o surgimento das primeiras relações objetais, utilizando para isso a obra de autores clássicos e contemporâneos da psicanálise. (AU)

Processo FAPESP: 19/11147-9 - Manhês, Acalanto e desenvolvimento humano: um estudo psicanalítico sobre o estabelecimento das relações objetais através dos elementos sonoro-musicais
Beneficiário:Vinicius Martinucho Godeguezi
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado