Busca avançada
Ano de início
Entree


Caracterização fenotípica e análise do sistema nervoso central dos camundongos mutantes equilíbrio e mergulhador induzidos pelo agente mutagênico n-ethyl-n-nitrosourea

Texto completo
Autor(es):
Marianna Manes
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ/SBD)
Data de defesa:
Membros da banca:
Claudia Madalena Cabrera Mori; Esther Lopes Ricci Adari Camargo; André Rinaldi Fukushima
Orientador: Claudia Madalena Cabrera Mori
Resumo

O agente mutagênico N-ethyl-N-nitrosourea (ENU) é amplamente utilizado para produzir novas mutações em camundongos, dando origem aos mutantes recessivos equilíbrio (eqlb), que possui uma mutação pontual no gene NADPH oxidase 3 (Nox3), cromossomo 17 e mergulhador (mlh), no gene Otopetrin 1 (Otop1), cromossomo 5; sendo que ambos apresentam alterações vestibulares. Devido à semelhança da função do aparelho vestibular humano e do camundongo, a análise comportamental desses modelos pode ser uma valiosa contribuição para identificar alterações no controle do equilíbrio e do movimento. Deste modo, com o objetivo caracterizar o comportamento dos mutantes eqlb e mlh foram realizados os seguintes testes: avaliação da atividade geral por observação direta no campo aberto, coordenação motora na trave elevada, labirinto em cruz elevada (LCE), para avaliar o comportamento do tipo ansioso, labirinto em T e reconhecimento de objetos para avaliar a memória, além do teste de suspensão pela cauda para verificar o comportamento do tipo depressivo. Os resultados mostraram que em comparação aos camundongos BALB/c, os mutantes eqlb e mlh apresentaram redução do reflexo auricular, reflexo de endireitamento, resposta ao toque, na locomoção e na frequência de levantar. A redução do reflexo auricular, da resposta ao toque e do redução do reflexo de endireitamento mostrou um possível prejuízo do sistema psicomotor. A redução da frequência de levantar provavelmente foi consequência da dificuldade motora dos camundongos mutantes. Os resultados do teste da trave elevada indicaram que os mutantes eqlb e mlh apresentaram um prejuízo motor principalmente relacionado à coordenação motora. O tempo de imobilidade aumentado no teste de suspensão pela cauda e a incapacidade de nadar em camundongos eqlb e mlh reforçaram o papel do sistema vestibular na manutenção da percepção de gravidade, movimento e equilíbrio. (AU)

Processo FAPESP: 16/03180-8 - Caracterização fenotípica e análise do sistema nervoso central dos camundongos mutantes equilíbrio e mergulhador induzidos pelo agente mutagênico n-ethyl-n-nitrosourea
Beneficiário:Marianna Manes
Modalidade de apoio: Bolsas no Brasil - Mestrado