Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise quantitativa por difracao de raios x aplicada ao minerio de fosfato de tapira, mg.

Processo: 02/11029-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 31 de outubro de 2003
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Minas - Pesquisa Mineral
Pesquisador responsável:Henrique Kahn
Beneficiário:Carlos Tinen Lores Meis
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Análise quantitativa   Difração por raios X   Método de Rietveld

Resumo

A difração de raios X tem grande potencial para se tornar uma técnica de rotina na quantificação de fases cristalinas no setor mineral, particularmente em face do tempo necessário para a realização da análise quando comparado com as outras técnicas disponíveis. Adicionalmente, a difratometria permite a resolução de sistemas não adequadamente solucionados pelas técnicas tradicionais (fases polimórficas, exsoluções, presença de um elemento químico, mais de um mineral, etc.). O estudo proposto visa avaliar o emprego de análises mineralógicas quantitativas por difratometria de raios X (método de Rietveld e RIR), em amostras de minério de fosfato de Tapira, MG, além dos produtos intermediários e finais do beneficiamento mineral. Os resultados obtidos por difratometria de raios X serão confrontados com os alcançados por química mineral aliada a separações minerais (resultados de referência); através da comparação destes resultados, pretende-se efetuar uma validação dos mesmos, estabelecendo-se os níveis de precisão e exatidão da quantificação por difratometria de raios X para o material em questão. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)