Busca avançada
Ano de início
Entree

Episódio depressivo grave sem sintomas psicóticos: limites do diagnóstico nosografico com o psicológico em uma instituição pública de saúde mental

Processo: 99/11587-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2000
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Roberto Yutaka Sagawa
Beneficiário:Izabela Mioto
Instituição-sede: Centro Integrado de Atenção Psicossocial. Secretaria Municipal de Saúde (Assis). Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Diagnóstico psicológico   Psicanálise   Psicoterapia

Resumo

A proposta dessa pesquisa é a de que, por meio da psicoterapia, sustentada pelo método clínico, se possa realizar, ao longo do processo psicoterápico, um diagnóstico dinâmico e longitudinal acerca do paciente atendido em Instituição Pública de Saúde Mental, que apresente o diagnóstico nosográfico F32.2 - Episódio depressivo grave sem sintomas psicóticos (CID10). E, após a realização desse diagnóstico longitudinal e psicodinâmico, compará-lo com o diagnóstico nosográfico estabelecido pelo psiquiatra, transversalmente, em um primeiro contato desse com o paciente. A partir do diagnóstico que tenha se dado de forma longitudinal e psicodinâmica, contribuir para o entendimento da dinâmica psicológica do paciente, sobre a qual, necessariamente recairá no seu tratamento. Nesse sentido, a pesquisa procura contribuir com a qualidade do atendimento psicoterápico individual realizado nas instituições públicas de saúde mental, na medida em que o diagnóstico longitudinal leva em consideração a subjetividade do sujeito, como um recurso técnico que possibilite uma maior eficácia do atendimento psicoterápico, sendo ou não comprovado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)