Busca avançada
Ano de início
Entree

Imunidade celular da tuberculose: avaliacao da interacao macrogafo-m.tuberculosis.

Processo: 99/12990-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2000
Vigência (Término): 31 de maio de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Alberto José da Silva Duarte
Beneficiário:Claudia Barreto Pereira
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Citocinas   Linfócitos T   Mycobacterium tuberculosis   Macrófagos   Imunidade celular

Resumo

A tuberculose é uma das principais causas de mortalidade no homen por agentes infecciosos. No Brasil de acordo com dados do Ministério da Saúde, existem por volta de 45 milhões de pessoas infectadas pelo bacilo, sendo esperados mais de cinco mil óbitos pela doença. Na resposta imune experimental da tuberculose, participam os linfócitos TCD4 e TCD8 que exercem atividade reguladora da função dos macrófagos através da secreção de citocinas pelas células com perfil Th1. Tais citocínas parecem controlar a disseminação da reação imunoinflamatória pela organização do granuloma. Já na reação Th2, a lesão se amplia e dissemina. Nos pacientes com tuberculose têm se demonstrado que haveria uma diminuição do padrão Th1, mas sem uma exacerbação do perfil Th2. O presente estudo visa conhecer melhor a interação do Mycobacterium tuberculosis com monócitos de pacientes e sua regulação através de citocinas, bem como analisar a atividade co-estimulatória dos monócitos na resposta proliferativa e secretória de citocinas de linfócitos autólogos, podendo sugerir novas abordagens terapêuticas que permitam tomar mais eficaz a resposta imune do hospedeiro contra a infecção. Serão avaliadas células mononucleares de pacientes com tuberculose em pré-tratamento. Tais células serão infectadas pelas cepas (H37Rv e H37Ra) do bacilo para dosagem das citocinas secretadas (IFN, IL-2, IL-12, IL-10, TGF-b, TNF-a) com o intuito de avaliar a resposta imune celular dos pacientes. Serão realizados paralelamente dois ensaios de proliferação, em diferentes condições, das células mononucleares estimuladas com mitógenos (PHA, PWM) e antígeno sonicado de M. tuberculosis. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)