Busca avançada
Ano de início
Entree

Formas de produção agrícola do município de Iguape-SP: diferentes lógicas no uso da natureza e na organização das relações sociais

Processo: 00/11052-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2001
Vigência (Término): 30 de abril de 2003
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Rural
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Sant'Ana Diegues
Beneficiário:Daniela Andrade
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa (PRO-PESQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Legislação ambiental   Produção agrícola

Resumo

O estudo aqui proposto tem como objeto as diferentes formas de produção agrícola coexistentes no Município de Iguape, no Vale do Ribeira-SP. Das descrições encontradas em literatura, depreende-se três formas de agricultura, cujas características refletem parte da história, ocupação e desenvolvimento do Município. São elas: agricultura itinerante e de policultivos, agricultura extensiva e monocultora e agricultura comercial de pequena escala. Entendendo que o processo produtivo condiciona-se a uma racionalidade interna que define um modo específico de organização social e de utilização da natureza, nos propomos a estudar como se configura essa relação nas diferentes formas de produção agrícola da área de estudo, analisando: 1) a evolução histórica e a configuração presente das formas de produção agrícola, dado os seus componentes sociais e ambientais; 2) as representações dos agricultores do mundo natural e de sua relação com a natureza e; 3) a interferência da política pública ambiental levada à prática sobre as formas de produção agrícola, dado o reconhecimento que os diferentes agricultores fazem de sua lógica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)