Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de Compósitos Produzidos por VARTM para Aplicação Aeronáutica

Processo: 08/02608-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial
Pesquisador responsável:Maria Odila Hilário Cioffi
Beneficiário:Taila Silvério de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/02121-6 - Compósito processado via RTM, AP.JP
Assunto(s):Materiais compósitos

Resumo

Os compósitos poliméricos vêm ganhando cada vez mais destaque na indústria aeronáutica por suas vantagens em relação a peso, rigidez e processos de fabricação, em comparação com os materiais convencionais, características muito requisitadas por esta indústria.Os compósitos avançados são os de maior interesse da indústria aeronáutica devido as suas favoráveis características de baixa massa específica e elevado desempenho mecânico. Para atender os requisitos da indústria aeronáutica brasileira, o grupo de pesquisa de fadiga e materiais aeronáuticos - DMT/FEG/UNESP estuda atualmente compósitos para aplicação aeronáutica, sendo uma série de sistemas epoxídicos como o RTM6 e VRM34 e alguns reforços de carbono como NC2 e o plain weave.O compósito resina epóxi SC-79 aplicada ao reforço de tecido de fibra de carbono tipo plain weave, foi selecionado para estudo neste trabalho por ser um material novo ainda não utilizado, mas de grande interesse. O compósito foi processado por Moldagem Assistida por Transferência de Resina a Vácuo (VARTM), um dos mais eficientes processos que vem sendo utilizado, devido a fatores econômicos e de segurança para a produção em larga escala.Neste trabalho de iniciação científica o material será caracterizado via inspeção por varredura acústica tipo C-scan, para detecção de defeitos no material; serão realizados ensaios de tração e fadiga seguindo a norma ASTM D 3049 e por microscopia eletrônica de varredura para análise de fratura dos corpos de prova; para caracterização térmica do material serão realizadas termogravimetria e calorimetria exploratória diferencial.Este estudo possibilitará a caracterização térmica e mecânica do compósito, verificando se o mesmo atende as normas da aviação para aplicação estrutural.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)