Busca avançada
Ano de início
Entree

Envolvimento das células da glia e TNFalfa em modelo de lesão muscular em ratos

Processo: 07/07972-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Marucia Chacur
Beneficiário:Milena Fernandes de Freitas
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/58136-4 - Da dor aguda à crônica: um modelo comportamental e eletrofisiológico, AP.JP
Assunto(s):Neuroglia   Imuno-histoquímica   Mialgia   Fator de necrose tumoral alfa   Medula espinhal

Resumo

No passado, acreditava-se que a dor lombar tinha origem nas facetas articulares, no prolapso do disco vertebral ou nos núcleos pulposos. Atualmente, a dor muscular tem sido associada como possível causa da dor lombar. Diversos estudos têm sido realizados lesionando o músculo gastrocnêmio e o nervo ciático como modelo experimental em diferentes animais para melhor entendimento deste tipo de dor, uma vez que, a dor crônica é extremamente freqüente em pacientes com dor lombar. Além disso, a importância das células gliais e dos mediadores por elas liberados, na medula espinhal, têm sido amplamente evidenciada em diversos processos nociceptivos. O nosso objetivo é observar possíveis alterações das células gliais (astrócitos e microglia) e fator de necrose tumoral, correlacionando com modelos comportamentais nociceptivos após lesão aguda do músculo gastrocnêmio. Ainda, será avaliado a distribuição dos mesmos mediadores expostos acima, pelo método de imuno-histoquímica. Tais investigações poderão ser uma abordagem totalmente inovadora para tentar entender porque, como e quais são alguns dos mediadores envolvidos nestes modelos de dor. Assim, os dados obtidos neste projeto poderão elucidar os mecanismos envolvidos na dor músculo-esquelética, as quais são de difíceis tratamentos e de grande relevância clínica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)