Busca avançada
Ano de início
Entree

Argumentacao e enunciacao: o preconceito nas relacoes imaginarias e na hiererquizacao dos sentidos.

Processo: 02/14217-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 31 de agosto de 2004
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística
Pesquisador responsável:Soeli Maria Schreiber da Silva
Beneficiário:Carolina de Paula Machado
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Análise do discurso   Enunciação   Argumentação

Resumo

Nesta pesquisa interessam os preconceitos como argumentos para a campanha de Roseana Sarney, enquanto objetos de enunciação. Serão analisados os dizeres em diferentes artigos e a antecipação da imagem dos locutores em questão afirma o preconceito estabilizado sobre a mulher. A concepção do dizer como histórico será tratada como definida pela Semântica Histórica da Enunciação e Análise do Discurso. Insere-se aí a direção argumentativa numa relação entre designações no interdiscurso pelo cruzamento de diferentes posições do sujeito. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)