Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do treinamento com pesos sobre as caracteristicas da curva forca-tempo isometrica de membros superiores, em mulheres jovens e idosas.

Processo: 07/53790-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 31 de agosto de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Sebastião Gobbi
Beneficiário:Bruna Helena Valeriano Barboza
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento   Eletromiografia   Membros superiores   Força muscular

Resumo

A avaliação da curva força-tempo (Cf-t) permite avaliar a taxa de desenvolvimento de força (TDF) e a contração voluntária máxima (CVM), que são dois importantes componentes do sistema neuromuscular (SNM). A TDF é um componente crítico para a expressão da potência muscular (PM) e representa-a capacidade do indivíduo em incrementar força muscular rapidamente. A redução da PM, em decorrência do envelhecimento e/ou fatores a ele associados, prejudica a realização das atividades da vida diária (AVDs). O treinamento com pesos (TP) tem se mostrado um meio eficaz de manter ou melhorar as manifestações da força muscular, tanto em adultos idosos quanto jovens. Considerando que a força muscular é de grande importância para a manutenção da capacidade funcional e de uma vida independente para os idosos, é relevante investigar a capacidade de adaptação da força muscular também de membros superiores em relação ao envelhecimento. Participarão do estudo 40 mulheres, das quais 20 delas com idade igual ou superior a 50 anos e 20 com idade entre 18 e 25 anos, que serão incluídas em quatro grupos: grupos treinamento jovem (GTJ; n = 10) e idoso (GTI; n = 10); grupos controle jovem (GCJ; n = 10) e idoso (GCI; n = 10). Serão avaliadas a Cf-t isométrica, por meio um transdutor de força no exercício rosca direta a atividade eletromiográfica do bíceps braquial. O programa de TP compreenderá três sessões semanais de uma hora cada; sete exercícios e; três séries de 12 a 15 repetições máximas (RM). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)