Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo sobre a ocorrencia da deficiencia de hemoglogina em criancas de tres a 12 meses e sua relacao com as caracteristicas biologicas e sociais maternas.

Processo: 04/13934-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Obstétrica
Pesquisador responsável:Isília Aparecida Silva
Beneficiário:Camila Brolezzi Padula
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Lactentes   Hemoglobinas   Deficiência de ferro   Aleitamento materno   Desmame

Resumo

O aleitamento materno, apesar de ser considerado o melhor alimento para a criança, ainda provoca controvérsias no que se refere a sua utilização como única fonte alimentar, em especial quando se desenvolvem nas crianças quadros de deficiência de hemoglobina. No entanto, os estudos sobre déficit de hemoglobina privilegiam os benefícios ou malefícios da prática de amamentar para a criança, esquecendo-se da nutriz e do processo de amamentação em toda sua complexidade biológica e social. Com base nisso, este estudo tem por objetivo determinar o perfil epidemiológico das mulheres que passam pela experiência de terem filhos com deficiência de ferro, seja em aleitamento exclusivo, predominante ou materno e compreender a percepção materna atribuída à amamentação diante da ocorrência da deficiência de ferro em seus filhos de três a 12 meses. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)