Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa para a construção e validação de um modelo de avaliação e apoio à gestão das incubadoras

Processo: 09/14450-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2010
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração Pública
Pesquisador responsável:Sergio Azevedo Fonseca
Beneficiário:Geralda Cristina de Freitas Ramalheiro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Indicadores de desempenho   Avaliação de desempenho

Resumo

A pesquisa tem por objeto de investigação um modelo que foi concebido e está sendo estruturado com o propósito de vir a se constituir em uma ferramenta de gestão aplicável a múltiplas finalidades: no apoio a gestores de incubadoras, por permitir a identificação de gargalos e problemas, estruturais, administrativos ou operacionais; no suporte aos processos de planejamento de incubadoras; como fonte de informações para as instituições mantenedoras de incubadoras, permitindo o acompanhamento da evolução do desempenho das mesmas; como fonte de informações para os meios governamental e acadêmico, fornecendo bases para a elaboração de estudos de variadas ordens, relativos ao desempenho de incubadoras.A concepção do modelo lhe assegura suficiente flexibilidade para que seja aplicável a incubadoras de quaisquer tipos - tecnológicas, tradicionais, de empreendimentos populares, especializadas, setorializadas e outras. A pesquisa vem sendo conduzida desde 2003 com o apoio da FAPESP, por meio de três auxílios à pesquisa e cinco bolsas de iniciação científica. O propósito inicial era o de construir e detalhar um conjunto de indicadores de desempenho de incubadoras empresariais mistas. A evolução dessa proposta original para o estágio atual, de construção de um modelo parametrizado, capaz não apenas de avaliar o desempenho de incubadoras genéricas - já aí refletindo uma ampliação do alcance - mas também de contribuir para o aprimoramento da gestão de incubadoras, pode ser considerada como efeito do próprio processo de avanço da pesquisa. O patamar de desenvolvimento alcançado pela pesquisa permite apontar, para o estágio subseqüente, aquele para o qual se postula apoio por meio da presente proposta, os seguintes objetivos nucleares: a) avaliar a aderência das variáveis detalhadas aos propósitos de apurar padrões de desempenho de diferentes tipos de incubadoras e de identificar respectivas fragilidades, por meio de testes empíricos - in vitro, na analogia - junto a amostra a ser intencionalmente selecionada dentre o universo das incubadoras brasileiras; b) apurar, simultaneamente à realização dos referidos testes empíricos, a eventual existência de novas variáveis, que eventualmente tenham ficado omissas ou ocultas; c) construir o modelo matemático contemplando as composições internas dos indicadores, refletidas em formatos de expressões analíticas, que relacionem as variáveis internas (independentes) aos indicadores (cada qual uma variável dependente). Cada um desses indicadores, por sua vez, irá compor, na qualidade de variável dependente, uma função composta, cujo resultado deverá expressar, em última instância, o desempenho final de uma incubadora genérica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)