Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos morfofuncionais do miocárdio de ratos wistar submetidos à exposição passiva de nicotina.

Processo: 10/07220-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Edson Aparecido Liberti
Beneficiário:Giovanna Affonso de Campos
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Miocárdio   Nicotina

Resumo

A exposição passiva à fumaça do tabaco determina alterações morfológicas nos pulmões. Seus efeitos sobre a estrutura dos vasos elevam o risco de desenvolvimento de doença coronariana em 30%. No coração, eleva os diâmetros diastólicos e sistólicos do ventrículo esquerdo (VE), bem como o seu índice de massa. Ainda, determina a diminuição da capacidade funcional ventricular e o surgimento de fibrose intersticial do miocárdio, sugerindo remodelação cardíaca. Na presente pesquisa, com o uso de técnicas de microscopia de luz e eletrônica de transmissão serão avaliados, qualitativa e quantitativamente no ventrículo esquerdo (VE) de ratos tabagistas passivos a espessura da parede do VE; a espessura dos cardiomiócitos; a densidade dos núcleos dos cardiomiócitos; a ultraestrutura dos cardiomiócitos e a densidade das fibras colágenas e elásticas na parede do VE. Serão utilizados ratos machos (Rattus norvegicus albinus) com peso médio de 450 g. expostos diariamente à fumaça de 3 cigarros (médio teor de nicotina: 0,7mg) por um período de 30 semanas (grupo experimental). Animais do grupo controle serão manipulados com as mesmas condições daqueles do grupo experimental porém, sem a exposição da fumaça do cigarro. A parte média do VE será submetida a cortes semi-seriados de 6µm de espessura e corados pelas técnicas da hematoxilia-eosina para evidenciação dos cardiomiócitos e seus núcleos. As fibras elásticas serão evidenciadas pelo método da hematoxilina férrica e as fibras colágenas, pelo método do Picro-sírius, analisado sob luz polarizada. Com o uso de sistema de aquisição de imagem computadorizada (Axiovision 4.8 - Zeiss) serão determinadas as áreas externa e interna do VE, a densidade de volume dos núcleos de cardiomiócitos (Vv) a dimensão transversal dos cardiomiócitos, a densidade de fibras colágenas e a densidade de volume (Vv) do componente elástico. A análise estatística será realizada comparando-se os grupos Tp C com relação às diferentes variáveis, mais o peso dos animais e dos corações, expressos em média ± DP. Os dados serão submetidos a uma análise de variância (ANOVA) com dois fatores e nível de significância de 95%. Para análise sob Microscopia eletrônica de transmissão (MET) os animais serão anestesiados, perfundidos com solução fixadora de Karnovski modificada (2,5% de glutaraldeído e 2% de paraformoldeído em PBS a 0,1 M e pH 7,3), e fragmentos da parte média do VE serão preparados através de técnica rotineira de MET. Cortes semifinos (400nm) serão corados com azul de toluidina, a fim de selecionar as áreas adequadas para os cortes ultrafinos (60nm), que serão contrastados (com acetato de uranila a 4% e citrato de chumbo a 0,4%) e dispostos em tela de cobre de 200 "mesh" para análise ao microscópio eletrônico de transmissão.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)