Busca avançada
Ano de início
Entree

Glutamina/acido glutamico e aditivos fitogenicos nas dietas de frangos de corte criados no sistema alternativo de producao

Processo: 09/51951-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:José Roberto Sartori
Beneficiário:Everton Moreno Muro
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Ácido glutâmico   Eficiência   Rendimento de carcaça   Glutamina   Frangos de corte
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Acido Glutamico | Aditivos Fitogenicos | Desempenho | Frango De Corte | Glutamina | Rendimento De Carcaca

Resumo

Diante da crescente proibição da utilização dos antibióticos promotores de crescimento (APC) e anticoccidianos nas dietas de frangos de corte, nutricionistas trabalham em uma série de produtos e/ou nutrientes naturais que auxiliem, por meio de mecanismos específicos, a superar desafios que favorecem a manifestação de problemas entéricos nos animais. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é avaliar o efeito da adição de glutamina (Gin) mais ácido glutâmico (Glu) e dos aditivos fitogênicos (AF) em dietas de frangos de corte desafiados com coccidiose (Eimeria acervujina) e criados no sistema alternativo de produção, sobre o desempenho e o rendimento de carcaça e partes. Os tratamentos consistirão de uma dieta controle (DC); DC + vacina de coccidiose; DC + APC e anticoccidiano; DC + mistura de Gln/Glu; DC + AF; DC + mistura de Gln/Glu + AF. Para este, serão alojados, em galpão experimental, 600 pintos de corte de 1 dia de idade, sendo distribuídas 100 aves por tratamento. Os dados de desempenho serão obtidos e analisados nos períodos acumulados de 1 a 21 e 1 a 42 dias de idade (peso final, ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar e mortalidade). Aos 42 dias de idade serão retiradas ao acaso 20 aves por tratamento e abatidas para cálculo de rendimento de carcaça eviscerada, pés, cabeça + pescoço e gordura abdominal em relação ao peso vivo. Os rendimentos de peito, pernas (coxa e sobrecoxa), dorso e asas serão obtidos em relação ao peso da carcaça eviscerada. Para análise estatística dos dados será utilizado o SAS - ANOVA e quando ocorrerem diferenças significativas, as médias serão comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)