Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização da imunohistoquímica para a marcação da migração celular em gestações de conceptos bovinos clonados que expressam a proteína fluorescente verde (gfp)

Processo: 07/08010-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 30 de novembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Flávia Thomaz Verechia Pereira
Beneficiário:Rodrigo da Silva Nunes Barreto
Instituição Sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Dracena. Dracena , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/52676-1 - Expressão da proteína fluorescente verde (GFP) como marcador de células de origem fetal em gestações de clones bovinos, AP.JP
Assunto(s):Movimento celular   Proteínas de fluorescência verde   Células clonais   Biotecnologia   Bovinos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:bovinos | Clones | conceptos | Gfp | migração celular | Biotecnologia

Resumo

A transferência nuclear é, atualmente, a técnica mais utilizada na clonagem de indivíduos adultos e jovens, porém a taxa de sucesso ainda é baixa e associada com alterações placentárias causadas por desregulação epigenética dos genes "imprinted" na embriogênese, devido à incompleta reprogramação nuclear. Para melhorar a eficiência da transferência nuclear, seriam requeridos métodos mais acurados para selecionar as células doadoras de núcleo e os embriões reconstruídos, para isto vem se usando a proteína fluorescente verde para selecionar embriões clonados transgênicos, que será utilizada neste trabalho para acompanhar, em bovinos, a migração das células gigantes trofoblásticas para o epitélio uterino. Associada a esse evento migratório temos glicoproteínas - integrinas relacionadas à adesão das células a matriz celular, motilidade e diferenciação celular - e componentes da matriz celular - colágeno IV - que serão mapeadas. Para tanto serão utilizados conceptos bovinos clonados transgênicos com expressão da proteína fluorescente verde, conceptos oriundos de fertilização in vitro e de monta natural/inseminação artificial, parte destas amostras já foram coletadas. Tais amostras serão preservadas e processadas de acordo com protocolos imunohistoquímicos específicos, serão fotodocumentadas e analisados em microscópio de luz de fluorescência e estatisticamente.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)