Busca avançada
Ano de início
Entree

"Produção e composição de leite de ovelhas da raça Bergamácia suplementadas com óleo de linhaça (Linum usitatissimum L)"

Processo: 10/08219-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Edson Ramos de Siqueira
Beneficiário:Marianna Mietto Mendes
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Ácidos graxos   Ácido linoleico conjugado   Alimentação   Ovinos   Ovinocultura
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:ácido linoléico conjugado | ácidos graxos | Alimentação | ovino | queijo ovino | Ovinocultura

Resumo

Resumo: O ácido linoleico conjugado(CLA) é excelente à saúde humana, pelo seu efeito anticarcinogênico, especialmente na regressão dos tumores mamários e de cólon, e na redução da gordura corporal, sendo importante no controle das doenças crônicas não transmissíveis. Ele pode ser formado no rúmen através da biohidrogenação incompleta de ácidos graxos poliinsaturados fornecidos na dieta do animal, como por exemplo a linhaça. Essa semente, diferente da maioria, é rica em ácido graxo linolênico e apresenta Omega 3 e 6, além de vitaminas, caroteno e minerais, e aumenta a digestibilidade aparente dos nutrientes, especialmente os da fração fibrosa da dieta. Entretanto, há poucas pesquisas que abordam o fornecimento do ácido graxo linolênico em dietas de ovelhas leiteiras e o resultado da sua incorporação no leite, tornando o produto ainda mais benéfico ao homem. Desta forma, o objetivo nesse projeto é avaliar as respostas produtivas de ovelhas da raça Bergamácia em lactação, suplementadas com óleo de linhaça em pastagem de Panicum maximum cv. Tanzânia. O projeto a ser executado na Unidade de Pesquisa e Produção de Leite Ovino, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, UNESP, campus de Botucatu, SP, utilizará 48 matrizes da raça Bergamácia, com aproximadamente 2,5 a 3,5 anos de idade, distribuídas em dois tratamentos: A) suplementação com concentrado contendo 3% de óleo de linhaça e suplementação com concentrado sem óleo de linhaça; ambos balanceados segundo exigências do NRC (1985) para ovelhas em lactação. Serão avaliadas as seguintes variáveis: o consumo de matéria seca (MS); a dinâmica do peso corporal; a produção total de leite e sua composição centesimal; a composição de ácidos graxos do leite; os aspectos sensoriais do queijo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)