Busca avançada
Ano de início
Entree

O impacto do abuso sexual infantil nos transtornos alimentares

Processo: 09/09193-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Jair de Jesus Mari
Beneficiário:Felipe Paraventi
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Maus-tratos infantis   Delitos sexuais   Transtornos da alimentação e da ingestão de alimentos   Bulimia nervosa   Anorexia nervosa   Fatores de risco

Resumo

Introdução: Frente à gravidade dos Transtornos Alimentares, diversos trabalhos têm sido realizados na tentativa de explorar fatores de risco para seu desenvolvimento e manutenção. Dentre eles, o antecedente de abuso sexual na infância é bastante estudado, porém trazendo poucas evidências concretas de que exista relação direta com a alteração de comportamento alimentar. Quando analisados individualmente, a Bulimia nervosa chega a trazer indícios de que esteja associada com o abuso sexual, porém tratando-se da Anorexia Nervosa pouco pode ser afirmado atualmente. Objetivo: o intuito deste trabalho é mostrar associação do abuso sexual na infância com os Transtornos Alimentares. Desenho: estudo retrospectivo do tipo caso-controle. Participantes: casos: 50 pacientes de ambulatório de especialidades da psiquiatria (PROATA), controles: 50 pacientes de clínica não-psiquiátrica (oftalmologia). Métodos: para que se compare o grupo de casos com o grupo-controle, serão obtidos na forma de questionários auto-aplicáveis: dados demográficos (nome, sexo, cor, idade, estado civil, escolaridade, profissão e endereço), rastreamento de psicopatologia geral (SRQ), história de abuso sexual na infância e inquérito sobre comportamentos alimentares (EDE-q). Conclusão: este estudo tem a importância de elucidar eventos que possam estar relacionados com o surgimento e a gravidade dos Transtornos Alimentares. Com os fatores de risco identificados e melhor entendidos, poderemos oferecer uma melhor abordagem a este tipo de paciente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)