Busca avançada
Ano de início
Entree

Tratamento de lodo de curtume utilizando processo eletro-fenton.

Processo: 06/51603-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Paulo Olivi
Beneficiário:Clayton Gondim Liberato
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Curtume   Degradação   Eletroquímica

Resumo

De acordo com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em 2001 a indústria brasileira de couro era constituída por 450 curtumes. No estado de São Paulo, trinta e sete cidades possuem curtumes, sendo que cinco delas estão localizadas na região de Ribeirão Preto. Alguns curtumes utilizam substâncias de natureza polifenólica, conhecidas como taninos, no processo de curtimento. Por esse motivo, o efluente gerado nesse processo apresenta alto teor de substâncias fenólicas. O tratamento primário do efluente resulta na formação de um lodo devido as etapas de coagulação e floculação envolvidas neste tratamento. Este lodo apresenta também um alto teor de substâncias fenólicas e é de difícil tratamento. Isso caracteriza um problema ambiental uma vez que o descarte de forma inadequada desse lodo em aterros industriais pode contaminar o solo, as águas superficiais e até mesmo as águas subterrâneas. Esse projeto tem como objetivo estudar a degradação de lodo de curtume utilizando processo eletro-Fenton. As degradações serão monitoradas por medidas de Carbono Orgânico Total, fenóis totais, absorbância e toxicidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)