Busca avançada
Ano de início
Entree

A endemia brasileira: a estabilidade monetaria e suas consequencias: 1994-1998.

Processo: 99/07885-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 1999
Vigência (Término): 30 de junho de 2000
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia Monetária e Fiscal
Pesquisador responsável:Leonardo Fernando Cruz Basso
Beneficiário:Caio Cícero de Toledo Piza da Costa Mazzutti
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Econômicas, Contábeis e Administrativas. Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Instituto Presbiteriano Mackenzie. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Plano Real   Desemprego   Política monetária

Resumo

A condução da política econômica nos últimos trinta anos apresentou a alternância entre objetivos de crescimento e estabilização, refletindo correntes de pensamento distintas entre as diversas equipes de governo nesses períodos. As ações, todavia, nem sempre lograram êxito e por vezes, serviram para agravar o passivo social herdado pelo povo brasileiro. Mais recentemente, com a globalização financeira e a abertura de mercados, o grau de manobra das políticas econômicas foram se reduzindo, ao mesmo tempo que a estabilidade monetária, alcançada a duras penas pelo Plano Real (1994), mostrou-se como o uma das principais etapas para ampliar a inserção internacional da economia brasileira. Nessa pesquisa procurar-se-á compreender o porquê do retardo da desvalorização cambial durante esse plano, identificando nesse, atraso a redução do grau de manobra das políticas econômicas mais amplas em nome dos objetivos da estabilização monetária e da competitividade internacional. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)