Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da tolerância à endotoxina na nitrosilação de DNA-metilases (DNMTs) e Histona-deacetilases (HDACs)

Processo: 09/16288-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2010
Vigência (Término): 21 de maio de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Francisco Garcia Soriano
Beneficiário:Ester Correia Sarmento Rios
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/15530-0 - Sepse - estudo da resposta inflamatória: sinalização, participação das células do sistema imunológico, tolerância e intervenções terapêuticas, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):13/04674-6 - Papel do sulfeto de hidrogênio (H2S) na saúde e na doença, BE.EP.PD
Assunto(s):Tolerância   Lipopolissacarídeos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:deacetilases | Lipopolissacarídeo | metilases | Tolerância | nitrosilação de proteínas

Resumo

Os eventos moleculares envolvidos na síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SIRS) decorrente da sepse levam a alterações na expressão gênica. A administração prévia de pequenas quantidades de Lipopolissacarídeo (LPS) induz a um estado de resistência a LPS denominado Tolerância. Esta resistência também tem se mostrado protetora em modelos bacterianos de sepse, no infarto do miocárdio, asma e diabetes. A tolerância é regulada por diversos mecanismos, como mudanças na estrutura da cromatina. O modelo de tolerância é uma forma de se estudar os mecanismos de auto-regulação e adequação da resposta inflamatória paras um evento séptico. Diversos trabalhos mostraram a modulação da síntese de óxido nítrico (NO) na tolerância. O óxido nítrico pode influenciar a transcrição gênica através da modificação do estado da cromatina. Dados prévios nossos mostraram que a indução da tolerância aumenta a nitrosilação de proteínas, sendo este um mecanismo de regulação protéica. Nós hipotetizamos que a tolerância ao LPS pode modular a nitrosilação de enzimas responsáveis pela modificação da histona ou do DNA, como deacetilases (HDACs) e DNA-metiltransferases (DNMTs). Estudaremos se esta indução de nitrosilação se dá via produção de NO regulando epigeneticamente a síntese de citocinas e outros mediadores inflamatórios. O objetivo do presente trabalho é investigar se a nitrosilação de enzimas responsáveis pela deacetilação de histonas e metilação de DNA é um mecanismo de regulação epigenética envolvido na tolerância.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SARMENTO RIOS, ESTER CORREIA; DE LIMA, THAIS MARTINS; SOARES MORETTI, ANA IOCHABEL; SORIANO, FRANCISCO GARCIA. The role of nitric oxide in the epigenetic regulation of THP-1 induced by lipopolysaccharide. Life Sciences, v. 147, p. 110-116, . (09/16288-8)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.