Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das propriedades psicométricas da versão abreviada do Questionário de Senso de Coerência de Antonovsk em uma amostra de pacientes cardíacos brasileiros.

Processo: 09/17632-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Rosana Aparecida Spadoti Dantas
Beneficiário:Fernanda Souza e Silva
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Senso de coerência   Validação   Confiabilidade   Cardiologia   Doenças cardiovasculares

Resumo

O Senso de coerencia de Antonovsky tem sido muito utilizado na área da saúde para a avaliação da capacidade de enfrentamento ao estresse em diferentes situações. O instrumento de avaliação deste constructo encontra-se adaptado culturalmente e validado para o Brasil em sua forma completa com 29 itens. Este estudo metodológico tem como objetivo analisar a validade de constructo e a confiabilidade da versão abreviada do instrumento, com 13 itens apenas. O estudo será realizado com pacientes internados para diagnóstico e/ou tratamento de doenças cardíacas. Os dados serão coletados pelas pesquisadoras por entrevistas individuais e consulta aos prontuários dos sujeitos. Será utilizado um instrumento para caracterização sócio-demográfica e clínica; a Versão abreviada do Questionário de Senso de Coerência de Antonovsk (QSCA); o inventário de depressão de Beck e a Escala de auto-estima de Rosenberg (para análise da validade de constructo convergente). A versão abreviada do QSCA é composta por 13 itens, respondidos em uma escala de 7 pontos (valores entre 1 e 7), cuja soma das respostas variam de 13 a 91, com maiores valores refletindo maior senso de coerência. Os dados serão processados e analisados pelo Programa de software Statistical Package for Social Science (SPSS) versão 15.0. Para a avaliação da validade de constructo convergente da versão abreviada do QSCA serão realizados testes de correlação de Pearson entre as medidas do senso de coerência e auto-estima e senso de coerência e depressão. Para variáveis categóricas, serão realizados dois testes para comparar possíveis diferenças nas medidas de senso de coerência obtidas pela versão abreviada do QSCA entre as categorias: teste t para grupos distintos com duas categorias (sexo e idade) e análise de variância e comparação múltiplas (ANOVA) para grupos com mais de duas categorias (escolaridade, renda familiar mensal e número de doenças associadas). Será realizada a análise de componentes principais com o objetivo de avaliar se os itens se agruparão em um ou em três componentes, os quais compõem o referido instrumento em sua versão original. A análise da confiabilidade da versão abreviada do QSCA, no que se refere à consistência interna de seus itens, será verificada pelo Cronbach para a escala total e subescalas. A confiabilidade das medidas de auto-estima e depressão também será avaliada. O nível de significância adotado para os testes de hipóteses do estudo será de 0,05.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)