Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da desnutrição proteica pré e pós-natal e da renutrição pós-natal sobre o tecido pulpar de ratos Wistar nas fases puberal e adulta

Processo: 08/52443-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Silvia de Campos Boldrini
Beneficiário:Aline Gonçalves
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Desnutrição   Desnutrição fetal   Desnutrição proteica   Polpa dentária   Mitose   Modelos animais

Resumo

Diversos fatores são capazes de produzir alterações definitivas nos tecidos dentários, principalmente no período fetal, dentre estes a desnutrição. A carência protéica em períodos precedentes a fase púbere, é relacionada a patologias tardias como a osteoporose. Desta maneira, o presente estudo tem o objetivo de avaliar os efeitos da desnutrição protéica pré e pós-natal e da renutrição pós-natal, sobre o crescimento da polpa dentária de ratos wistar nas fases puberal e adulta. Para tanto, os grupos experimentais serão formados por animais não isogênicos (n=5) de acordo com a ração oferecida, protéica ou hipoprotéica, e com as respectivas idades, nos grupos N, D (nutridos e desnutridos aos 60 dias de vida, pois nesta fase é findo o período púbere), R (renutridos a partir de 21 até alcançarem 60 dias de vida), NN (nutridos até 180 dias de vida) e RR (renutridos desde o desmame até alcançarem 180 dias de vida). Após a eutanásia, os espécimes serão coletados e processados para análise sob microscopia de luz, onde os cortes nos permitirão observar, através de estudos morfométricos, o padrão celular do tecido pulpar. Será também realizada, a avaliação dos espécimes sob microscopia eletrônica de varredura com o objetivo de se observar possíveis alterações arquitetônicas de sua estrutura. Para a observação do padrão de multiplicação celular na polpa, será utilizada a marcação imunohistoquímica com BrDU. Desta forma temos a intenção de responder questões como, quanto e quando, a retomada de um padrão nutricional adequado, pode promover efetivamente o restabelecimento tecidual. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)