Busca avançada
Ano de início
Entree

Seleção para resistência à ferrugem asiática e caracteres agronômicos em progênies segregantes de soja

Processo: 09/13872-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2009
Vigência (Término): 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Antonio Orlando Di Mauro
Beneficiário:Kauê Charnai
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:05/60024-4 - Desenvolvimento de genótipos de soja resistente a doenças, com bons atributos agronômicos e portadores ou não de gene de resistência ao glifosato, AP.TEM
Assunto(s):Ferrugem (doença de planta)   Phakopsora pachyrhizi   Resistência à doença   Seleção genética   Parâmetros genéticos   Glycine max   Soja

Resumo

A obtenção de genótipos resistentes às principais doenças vem sendo um dos objetivos dos programas de melhoramento de qualquer cultura. No caso da soja, patógenos como o causador da ferrugem asiática, são preocupantes para o pleno desenvolvimento da cultura, necessitando de medidas de controle eficientes, uma vez que seus danos são tanto do aspecto quantitativo como qualitativo. Assim, o objetivo do presente projeto será a seleção de genótipos com fonte de resistência à ferrugem asiática em progênies F3 e F4 de soja, oriundas do Programa de Melhoramento de Soja da FCAV/UNESP, que foram obtidas a partir de cruzamentos entre genótipos exóticos resistentes ao patógeno e cultivares adaptados às condições de cultivo brasileiras. O experimento será conduzido em casa de vegetação, onde serão inoculadas progênies F3 de quatro cruzamentos diferentes. As plantas serão então avaliadas pelo tipo de lesão, sendo classificadas como resistentes (lesão RB) ou suscetíveis (lesão TAN), e utilizando a escala diagramática para avaliação da % de infecção. Adicionalmente, no campo, serão avaliados os principais caracteres agronômicos, na geração F4, a fim de se obter estimativas de diferentes parâmetros genéticos, selecionando genótipos satisfatórios ao Programa de Melhoramento Genético e ao setor comercial. A partir das avaliações desses caracteres, as análises estatísticas serão efetuadas no programa Genes, por meio do teste de Qui-quadrado para a determinação da herança da resistência, analisada quanto ao tipo de lesão (resistentes/suscetíveis), além de testes de médias com as outras avaliações para detecção das melhores progênies. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)