Busca avançada
Ano de início
Entree

Citogenética comparativa de populações de Rhamdia quelen de três bacias hidrográficas brasileiras: Alto Paraná, Alto São Francisco e Araguaia.

Processo: 10/09325-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Orlando Moreira Filho
Beneficiário:Juliana de Fátima Martinez
Instituição Sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Heptapteridae   Citogenética   Citotaxonomia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Citotaxonomia | Heptapteridae | Marcador Cromossômico | rDNA 18S | rDNA 5S | Citogenética de Peixes

Resumo

A Bacia do Prata é considerada a segunda maior da América do Sul ocupando 10,5% do território nacional, sendo formada principalmente pelos rios Paraná, Paraguai e Uruguai. Esta bacia apresenta uma grande diversidade de peixes sendo representado por nove ordens. A Bacia do Araguaia, assim chamada devido ao nome de seu principal rio, é a maior situada inteiramente em território brasileiro e a segunda maior em termos de área com aproximadamente 300 espécies de peixes já identificadas. A bacia do São Francisco é a terceira maior do território brasileiro e aproximadamente 150 espécies nativas já foram identificadas. Dentre as mais de 30 famílias da ordem Siluriformes, Heptapteridae possui entre 150 e 200 espécies validas. O gênero Rhamdia contém apenas 11 espécies válidas, as quais 8 são reconhecidas para o território brasileiro, sendo a espécie Rhamdia quelen a única amplamente distribuída nas bacias hidrográficas brasileiras. Esta espécie possui uma problemática taxonômica bastante interessante, sendo que, cerca de 50 sinonímias estão atualmente a ela relacionadas, o que deve ser conseqüência de muitos anos de decisões arbitrárias envolvendo sua taxonomia. Em 1976, foi feita a primeira análise citogenética neste gênero e a partir desta, várias outras foram realizadas. O objetivo deste trabalho é caracterizar cromossomicamente três populações de Rhamdia quelen provenientes das bacias do rio Paraná, Araguaia e São Francisco. Serão aplicadas as técnicas de coloração por Giemsa, bandamento-C, impregnação pelo nitrato de Prata e Hibridação fluorescente in situ, com sondas de rDNA 18S e 5S. Através dessas técnicas, procura-se-à comparar os dados obtidos entre as três populações e com o que já está disponível na literatura, aumentando as informações citogenéticas relacionadas ao gênero Rhamdia, além de fornecer subsídios à citotaxonomia e ao estudo das relações filogenéticas deste grupo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JULIANA F, MARTINEZ; LUI, ROBERTO L.; BLANCO, DANIEL R.; TRALDI, JOSIANE B.; SILVA, LUCIANA F.; VENERE, PAULO C.; SOUZA, ISSAKAR L.; MOREIRA-FILHO, ORLANDO. Comparative cytogenetics of three populations from the Rhamdia quelen species complex (Siluriformes, Heptapteridae) in two Brazilian hydrographic basins. Caryologia, v. 64, n. 1, p. 121-128, . (10/09325-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.