Busca avançada
Ano de início
Entree

Genomica da virulencia de virus respiratorio sincicial humano.

Processo: 04/08685-3
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2005
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Eurico de Arruda Neto
Beneficiário:Camilo Ansarah Sobrinho
Instituição Sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Virologia   Vírus sinciciais respiratórios   Infecções por vírus respiratório sincicial   Genômica   Variação genética
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Genomica | Severidade Da Doenca | Variabilidade Genetica | Virologia | Virus Respiratorios | Virus Sincicial Respiratorio

Resumo

O vírus respiratório sincicial humano (HRSV) é o principal agente de doenças do trato respiratório inferior em bebês e crianças menores de um ano de idade, causando cerca 1 milhão de óbitos por ano por estimativas da OMS. Surtos de HRSV na comunidade geram excesso de hospitalizações por pneumonias e bronquiolites, com correspondente impacto econômico. Além de crianças, o HRSV também é o agente responsável por doenças respiratórias graves em indivíduos adultos com deficiências no sistema imunológico. O mecanismo pelo qual o HRSV causa doença severa não é conhecido. A presença de certas condições, como doença cardíaca congênita, doença pulmonar crônica e nascimento prematuro, entre outros, foi associada com uma maior severidade da doença por HRSV. Entretanto, a existência de um fator viral associado com maior virulência é controversa. O presente projeto visa identificar variações genéticas de isolados de HRSV que sejam responsáveis pelo aumento da severidade da infecção de pacientes admitidos em hospitais no estado de São Paulo. Para isso, iremos seqüenciar genomas de isolados clínicos de HRSV e utilizar ferramentas de bioinformática e estatística para verificar a possível associação entre variabilidade genética viral e severidade da doença. Iremos ainda investigar a variabilidade genética dos genes G, F e SH do HRSV em pacientes no estado de São Paulo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)