Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do estado nutricional de Crianças com Fissura Lábiopalatina

Processo: 07/07124-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Pesquisador responsável:Ilza Lazarini Marques
Beneficiário:Gabriela Serrano Miranda
Instituição-sede: Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Estado nutricional   Aleitamento materno

Resumo

Avaliação do estado nutricional de Crianças com Fissura LábiopalatinaIntrodução: Crianças com fissuras labiopalatinas têm maiores dificuldades alimentares do que crianças normais. A fissura pode estar localizada no lábio e/ou palato, porém as dificuldades alimentares são mais freqüentes e mais graves naquelas com o palato fendido do que naquelas que apresentam apenas fissura labial. A presença da fissura no palato está diretamente relacionada à dificuldade em sugar o seio materno sendo freqüente, nestas crianças, o desmame precoce. As dificuldades alimentares são mais graves em lactentes pequenos, principalmente no primeiro ano de vida que também são mais sensíveis aos agravos nutricionais do que crianças mais velhas. As cirurgias corretivas (a queiloplastia e a palatoplastia) são realizadas, geralmente, dentro dos 2 primeiros anos de vida, sendo o estado nutricional um importante fator para a rápida recuperação pós cirúrgica destas crianças. Objetivo: O presente projeto tem como objetivo de avaliar: 1) o estado nutricional de lactentes com fissura de lábio e/ou palato, sem outras malformações ou síndromes associadas à fissura, menores de 2 anos de idade que ainda não foram submetidos à palatoplastia; 2) comparar o estado nutricional dos lactentes com fissura de lábio e/ou palato, menores de 6 meses de idade, em aleitamento materno exclusivo, com lactentes com os mesmos tipos de fissura, da mesma faixa etária, em aleitamento misto ou artificial. Métodos: Serão obtidas medidas de peso e comprimento de 200 crianças menores ou iguais a 24 meses, sem outras malformações ou síndromes associadas à fissura, atendidas no ambulatório do HRAC-USP que ainda não realizaram a palatoplastia, em estudo transversal. Serão utilizadas, como referência para normalidade, os valores de peso por idade (P/I), comprimento por idade (C/I), peso por comprimento (P/C) e índice de massa corpórea (IMC) obtidos do National Center for Health Statistics de 2000 (NCHS2000).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)