Busca avançada
Ano de início
Entree

Remoção de metais potencialmente tóxicos de efluentes aquosos por argilas modificadas: retenção de Ni(II)

Processo: 05/00768-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Wagner Alves Carvalho
Beneficiário:Carolina Vignado
Instituição-sede: Faculdade de Química. Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Níquel   Tratamento de águas residuárias   Metais pesados   Adsorção (química)

Resumo

Os efluentes líquidos industriais apresentam uma composição química bastante complexa, contendo compostos orgânicos e inorgânicos. Os resíduos contendo cátions de metais pesados possuem alto poder de contaminação e, com facilidade, atingem os lençóis freáticos ou mesmo reservatórios e rios, que são as fontes de abastecimento de água das cidades. Dentre alguns processos de retenção de metais, temos a utilização de materiais naturais, como zeólitas e argilas, que vem merecendo atenção devido ao seu reduzido custo e simplicidade no processo. Pretendemos verificar possíveis aplicações da argila comercial montmorilonita Fluka K10 modificada, como adsorvente. Para isto, a argila deverá ser modificada com agentes quelantes, de modo a promover o seu caráter adsorvente e permitir, assim, a retenção de níquel(II) em elevada quantidade. Serão avaliados a capacidade de adsorção e a estabilidade do adsorvente frente a sistemas com diversas concentrações de metais, obtendo-se parâmetros cinéticos e termodinâmicos do processo de adsorção. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)