Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação de assinatura molecular de microRNAs em biópsia líquida para o diagnóstico de Câncer de Pulmão de Células Não Pequenas

Processo: 24/00524-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2024
Vigência (Término): 30 de abril de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Letícia Ferro Leal
Beneficiário:Alessandro Pascon Filho
Instituição Sede: Hospital do Câncer de Barretos. Fundação Pio XII (FP). Barretos , SP, Brasil
Assunto(s):Biomarcadores   Biópsia líquida   MicroRNAs   Neoplasias do sistema respiratório   Oncologia molecular
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:biomarcadores | Biópsia líquida | Câncer de Pulmão de células não pequenas | miRNA | Neoplasias do Sistema Respiratório | Oncologia Molecular

Resumo

Introdução: O câncer de pulmão é a segunda neoplasia mais comum mundialmente e a mais letal. A baixa taxa de sobrevivência se deve ao diagnóstico tardio, sendo este o fator que mais influencia na melhora do prognóstico do paciente. Atualmente, estratégias baseadas na análise de fluidos corpóreos (biópsia líquida) vêm sendo cada vez mais utilizadas, porém, a aplicação deste tipo de análise em programas de rastreamento permanece incipiente. A presença de miRNAs circulantes nos fluídos corpóreos podem atuar como biomarcadores para o diagnóstico precoce do câncer de pulmão de células não pequenas (CPCNP), uma vez que apresentam estabilidade estrutural, que possibilita e facilita a detecção destes.Objetivo: Validar a assinatura de microRNAs em amostras de biópsia líquida para diagnóstico precoce do câncer de pulmão de não pequenas célulasMateriais e métodos: Estudo caso-controle ambispectivo de amostras de fluidos corpóreos (escarro e plasma) de 278 indivíduos, atendidos pelo Hospital de Amor de Barretos (casos) ou participanetes do programa de rastreio de câncer de pulmão (controles). A expressão de microRNAs será avaliada através da metodologia digital doplet PCR (ddPCR). Na análise dos dados, o software QuantaSoft informa o número de gotas geradas para cada amostra. O software ajuste a fração de gotas positivas utilizando a Correção de Poisson.Resultados esperados: Espera-se validar uma assinatura de miRNAs com alta sensibilidade e especificidade. O painel de miRNAs adquirido neste projeto poderá ser implementado em programas de rastreio de câncer de pulmão sem a necessidade de procedimentos invasivos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)