Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da ação dos neurônios produtores de vasopressina do núcleo supraóptico sobre o controle da atividade dos neurônios liberadores de corticotrofina do núcleo paraventricular do hipotálamo em animais jejuados e realimentados.

Processo: 23/12497-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2024
Vigência (Término): 30 de abril de 2026
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Rodrigo César Rorato
Beneficiário:Ana Paula Neves Brianezi
Instituição Sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Jejum
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Avpson | Crfpvn | DREADDs | Hha | jejum | Realimentação | neuroendocrinologia / neurociências

Resumo

O eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HHA) está associado com o controle da homeostase energética. Os neurônios produtores do fator liberador de corticotrofina presentes no núcleo Paraventricular do hipotálamo (CRFPVN), o principal modulador da atividade do eixo HHA, são descritos por coordenar respostas endócrinas, autonômicas e comportamentais para o controle metabólico frente a situações estressoras, dentre estas a privação de alimento. Pesquisas recentes sugerem que alterações nas concentrações plasmáticas de hormônios relacionados ao estado metabólico (como leptina e insulina, por exemplo) contribuam para a ativação do eixo HHA durante o jejum. Ainda, os neurônios CRFPVN recebem projeções provenientes de diversas regiões encefálicas, como o núcleo supraóptico (SON), sensível a alteração nas concentrações plasmáticas destes fatores supracitados. Portanto, este projeto propõe-se avaliar a funcionalidade das projeções aferentes do SON, de grupamentos neuronais expressando arginina-vasopressina (AVPSON), para os neurônios CRFPVN e os efeitos da modulação de sua atividade na ingestão alimentar de animais submetidos ao jejum prolongado ou jejuados seguidos de realimentação. Para tanto, utilizaremos animais geneticamente modificados associados a vetores virais carreando a sequência para produção de receptores muscarínicos mutantes (DREADDs), que possibilitarão a inibição reversível dos neurônios do SON durante a privação de alimento e realimentação. A avaliação da importância da conexão AVPSON - CRFPVN pode ajudar a elucidar as vias/mecanismos envolvidos na modulação da atividade do eixo HHA em resposta a alterações do metabolismo energético e, com isso, fornecer suporte para possíveis terapias e controle de doenças metabólicas, tais como a obesidade mórbida e diabetes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)