Busca avançada
Ano de início
Entree

Manipulação do ambiente in vitro visando a aquisição da totipotência in vitro por meio de células tronco pluripotentes induzidas de bovinos

Processo: 23/11354-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Fixação de Jovens Doutores
Vigência (Início): 01 de setembro de 2023
Vigência (Término): 31 de agosto de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Acordo de Cooperação: CNPq
Pesquisador responsável:Lawrence Charles Smith
Beneficiário:Naira Caroline Godoy Pieri
Instituição Sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:23/01579-4 - Manipulação do ambiente in vitro visando a aquisição da totipotência in vitro por meio de células tronco pluripotentes induzidas de bovinos, AP.R
Assunto(s):Embrião   Oócitos   Oogênese
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Células PGCs | Células Tronco Pluripotentes induzidas | embrião | oócito | Oogênese | totipotência | Epigenética da diferenciação gamética

Resumo

Após a fertilização e ainda durante a fase embrionária, as células germinativas têm a função essencial de alcançar a totipotência para que as informações genéticas sejam passadas corretamente para a próxima geração, ainda assegurando a diversidade genética. Para tal, ainda neste período estas células são submetidas à reprogramação epigenética. Muito têm-se investigado sobre os mecanismos e os sistemas do desenvolvimento destas células, sendo que na última década muitos esforços têm sido feitos para reconstituir todos estes processos in vitro (gametogênese in vitro). A reconstituição in vitro de todo o processo de gametogênese por meio da diferenciação de células tronco pluripotentes foi relatada com sucesso apenas em humanos e camundongos, sendo que tais estudos abrem a possibilidade de produzir oócitos ou espermatozoides viáveis de outras espécies, como suínos e bovinos. Neste contexto, este estudo visa, de forma inédita, fornecer um modelo de geração de células germinativas in vitro em bovinos, estudando o efeito do ambiente na expressão gênica e epigenética destas células, avaliando assim seu potencial de gerar gametas competentes a partir dessas células in vitro, o que deverá contribuir sobremaneira para o crescimento e desenvolvimento da biologia reprodutiva dos animais de produção no Brasil. Para isto, as células tronco pluripotentes induzidas de bovinos (biPSCs) já previamente produzidas e caracterizadas pelo nosso grupo de pesquisa serão inicialmente diferenciadas em células germinativas primordiais (PGCLCs) e, em seguida, submetidas à agregação com fluído folicular no sistema de cultivo reconstituted ovaries (rOvary), já descrito em camundongos. O fluido folicular tem demonstrado em espécies como bovinos e suínos, fornecer um ambiente favorável para processo de diferenciação de células tronco ovariana ou fibroblastos em células semelhantes a oócitos (OLCs), principalmente por auxiliar no processo de maturação, reduzir os níveis de produção de espécies reativas de oxigênio (ROS) e aumento da capacidade de resposta às gonadotrofinas. Todas as células serão analisadas quanto à morfologia, expressão gênica, proteica e modificações epigenéticas durante diferentes períodos do cultivo. Os resultados gerados nesta pesquisa permitirão a criação de novas perspectivas tanto para a aplicação na biologia reprodutiva, transgenia, clonagem, ganho genético e agropecuária de precisão, quanto contribuirão para estudos futuros da biologia básica e do desenvolvimento.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)