Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito ambiental na produção de vinhos de qualidade - produção de uvas e seus metabólitos secundários

Processo: 23/15841-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de maio de 2024
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Mara Fernandes Moura Furlan
Beneficiário:Mara Fernandes Moura Furlan
Pesquisador Anfitrião: Marco Stefanini
Instituição Sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Fondazione Edmund Mach, Itália  
Assunto(s):Metabolômica   Vitis vinifera
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:melhoramento genético da videira | Metabolomica | PIWIs | Vitis vinífera | Melhoramento genético da videira

Resumo

Os programas de melhoramento de uvas concentram-se principalmente no desenvolvimento de novas variedades que apresentem características melhoradas, incluindo rendimento, resistência a doenças, qualidade dos frutos, adaptabilidade a diferentes condições de cultivo e tolerância a estresses ambientais. Os desafios colocados pelas questões emergentes relacionadas com as alterações climáticas e pelos agentes patogênicos bem estabelecidos ameaçam a sustentabilidade dos sistemas vitícolas tradicionais. Assim, o melhoramento genético da videira é fundamental para enfrentar esta situação e adaptar-se às novas necessidades do mercado. Entre as ferramentas que facilitam o sucesso destas atividades, a identificação e a caracterização de genótipos que abrigam alelos favoráveis e o conhecimento das regiões genômicas subjacentes e das variantes genéticas são fundamentais para acelerar as atividades atuais e futuras de melhoramento da videira. Umas das principais ferramentas atualmente utilizadas é a metabolômica, que tem como objetivo identificar e estudar o conjunto completo de moléculas de baixo peso molecular (metabólitos) de um organismo durante estágios ou desenvolvimento fisiológicos específicos. Os estudos metabolômicos capturam a resposta final de um organismo às mudanças ambientais, oferecendo um meio rápido e acessível para monitorar os impactos das condições de modificação genética e das respostas ao estresse em um órgão, tecido ou grupo de células. Dessa forma, esse projeto objetiva avaliar a produção, fenologia, qualidade das uvas, incidência e severidade de P. viticola e analisar metabólitos secundários de quatro variedades em seis localidades da Itália. Os experimentos estão localizados em Trentino Alto Adige em duas altitudes, 220 e 500 m, Emília Romana em Tebano (FC), Marche na província de Fermo, Veneto em Affi e Pasiano na província de PN. O delineamento dos experimentos é em blocos casualizados com quatro repetições, sendo seis plantas por repetição. Serão realizadas as análises de compostos voláteis e compostos fenólicos nos frutos e compostos lipídicos direcionados nas folhas, utilizando-se a abordagem Target. As análises estatísticas e a visualização dos dados serão realizadas com um script R personalizado.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)