Busca avançada
Ano de início
Entree

Fabricação de um arranjo de (bio)sensores eletroquímicos por gravação a laser de CO2 visando o desenvolvimento de dispositivo wearable

Processo: 23/12589-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2024
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2026
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Thiago Regis Longo Cesar da Paixão
Beneficiário:Lucas Felipe de Lima
Instituição Sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroanalítica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:(bio)ssensor multiplex | Dispositivos de baixo custo | ecofriendly sensors | laser-scribed graphene | Sensor wearable | Sensores em papel | Eletroanalítica

Resumo

Os dispositivos wearable são uma alternativa promissora no que diz respeito ao monitoramento contínuo e diagnóstico clínico de doenças em indivíduos acometidos, proporcionando análises diretamente sobre o corpo humano em tempo real, sem a necessidade de preparo da amostra ou infraestrutura laboratorial. A maioria desses dispositivos se concentra principalmente em aplicações voltadas para a área da saúde, para monitorar diversos patógenos e enfermidades de interesse clínico e hospitalar, os quais possuem potencial para auxiliar o trabalho médico na detecção e monitoramento de doenças contagiosas, por exemplo. O desenvolvimento de (bio)ssensores eleroquímicos de fácil manuseio e rápido diagnóstico clínico, pode ser uma importante ferramenta no monitoramento de biomarcadores ou espécies químicas de interesse, de maneira qualitativa e/ou quantitativa, a partir do contato direto com a superfície ou com o biofluído de interesse. Assim, o presente projeto de pesquisa visa desenvolver um arranjo de (bio)ssensores eletroquímicos do tipo wearable em plataforma de papel, funcionalizá-los (in-situ e ex-situ) com diferentes nanomateriais e enzimas para a detecção qualitativa (screening) e quantitativa de moléculas presentes no suor humano que são atratativas ao mosquito Anopheles gambiae causador da Malária. O arranjo de (bio)ssensores eletroquímicos será fabricado pela carbonização superficial induzida por radiação laser de CO2 em substratos de papel tratados quimicamente com retardante de chamas. Este processos visa produzir materiais com excelente desempenho eletroquímico, de forma acessível, sem ou com o mínimo consumo de reagentes químicos, diminuindo a toxicidade do material para aplicações wearable, bem como aumentando sua descartabilidade e fabricação escalável.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)