Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de substratos vítreos e vitrocerâmicos à base de fosfatos de bismuto e vanádio para aplicações fotocatalíticas

Processo: 23/08783-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2023
Vigência (Término): 30 de novembro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Danilo Manzani
Beneficiário:Christiane Aparecida Cunha
Instituição Sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:21/08111-2 - Materiais conversores de luz à base de terras raras: marcadores luminescentes, sensores e amplificadores ópticos, AP.TEM
Assunto(s):Fotônica   Vitrocerâmica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:fosfatos de bismuto e vanádio | fotocatálise em vidros | Fotonica | Vitrocerâmicas | Química de Materiais Vítreos

Resumo

O projeto tem como objetivo o desenvolvimento de substratos vítreos e vitrocerâmicos com partículas cristalinas à base de vanádio e bismuto autossuportadas para aplicações em fotocatálise de contaminantes emergentes. A proposta une a alta estabilidade térmica, mecânica e química dos vidros fosfatos contendo bismuto e vanádio, com o baixo custo e promissoras propriedades fotocatalíticas de fases de fosfato e vanadatos de bismuto para a fotodegradação de contaminantes emergentes. Baseando-se na preparação de um sistema vitrocerâmico à base de fosfato e vanadato de bismuto, pela metodologia de tratamento térmico acima da Tg, serão exploradas composições contendo P2O5, Bi2O3 e V2O5. Assim, o projeto propõe a síntese de vidros e suas vitrocerâmicas, a caracterização das heteroestruturas de BiPO4 e BiVO4, que foram escolhidas como modelos de fases ativas sob irradiação visível com um bandgap entre 2,2 e 2,5 eV, e da sua alta potencialidade fotocatalítica, tendo em vista sua alta concentração de íons hiperpolarizados de Bi3+ e sua capacidade de foto geração de pares elétron buracos. Os vidros e vitrocerâmicos serão caracterizados por diferentes técnicas de microscopia eletrônica, espectroscopias ópticas e estruturais, propriedades térmicas e avaliados em ensaios fotocatalíticos para degradação de compostos orgânicos modelos, com intuito de correlacionar as propriedades estruturais, ópticas e eletrônicas dos materiais obtidos com as suas atividades fotocatalíticas sob excitação no visível na degradação de moléculas orgânicas de poluentes emergentes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)