Busca avançada
Ano de início
Entree

Biodisponibilidade de selênio em bebidas vegetais: uma análise detalhada utilizando modelos estáticos e dinâmicos

Processo: 23/11364-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2024
Vigência (Término): 31 de maio de 2025
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Marcelo Antonio Morgano
Beneficiário:José Luan da Paixão Teixeira
Supervisor: Isabel Seiquer
Instituição Sede: Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Estación Experimental del Zaidín (EEZ), Espanha  
Vinculado à bolsa:22/06111-8 - Bebidas à base de plantas vegetais: espécies de selênio, fortificação e estimativa da bioacessibilidade, BP.PD
Assunto(s):Células CACO-2   Técnicas in vitro   Espectrometria de massa por plasma acoplado indutivamente   Selênio   Análise de alimentos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:bebidas à base de plantas | Células Caco-2 | Ensaios in vitro | Icp-Ms | modelos estáticos e dinâmicos | selênio | Análise de Alimentos

Resumo

O aumento global na produção e consumo de bebidas à base de plantas (BBP) é evidente, contudo, há uma escassez de informações sobre o que impulsiona o mercado e o perfil nutricional dessas bebidas. Os dados relativos à avaliação da biodisponibilidade de selênio (Se) em BBP, por meio de modelos estáticos e dinâmicos, permanecem desconhecidos. Embora tenha havido uma adaptação recente na proposta do modelo padronizado pela INFOGEST, existem alternativas para simular a digestão in vitro em alimentos, incluindo modelos estáticos, dinâmicos e a utilização de células Caco-2. Enquanto, protocolo INFOGEST reproduz as condições fisiológicas do trato gastrointestinal no estado alimentado, os modelos dinâmicos replicam as diversas etapas do trato digestivo humano, incorporando mudanças de pH, movimentos peristálticos e taxas de fluxo de secreção. Por sua vez, as células Caco-2 têm como base o comportamento das células epiteliais do intestino delgado. Nesse contexto, o principal objetivo deste projeto será estudar a biodisponibilidade de Se utilizando modelos estáticos (protocolo INFOGEST combinado com células Caco-2) e dinâmicos (reator em fluxo contínuo) de digestão gastrintestinal in vitro. O desafio será avaliar o impacto da utilização desses modelos, considerando suas diferentes complexidades, custos e desafios. Para nosso grupo de pesquisa, essa iniciativa representa um avanço significativo na compreensão da biodisponibilidade do Se em bebidas vegetais. Já para o setor produtivo das BBP, a pesquisa proporcionará uma valiosa contribuição, pois essas bebidas são comercializadas a preços mais elevados em comparação com o leite de vaca, seu principal concorrente. A potencial concessão da bolsa BEPE-PD desempenhará um papel crucial ao facilitar a troca de informações interlaboratoriais com grupo internacional de referência nos procedimentos propostos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)