Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel da heterogeneidade da paisagem na conectividade de populações da flora de montanhas neotropicais

Processo: 23/02564-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2023
Vigência (Término): 31 de agosto de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fitogeografia
Pesquisador responsável:Isabel Aparecida da Silva Bonatelli
Beneficiário:Lara Cardoso Muniz
Instituição Sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Andes   Isolamento   Filogeografia
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Alterações Climáticas | Andes | Conectividade oscilante | Espinhaço | isolamento | Montanhas neotropicais | Filogeografia

Resumo

A estrutura genética das populações pode ser fortemente afetada pela limitação da dispersão dos organismos imposta pela heterogeneidade da paisagem. Diferentes barreiras ao fluxo gênico foram propostas em hipóteses biogeográficas para explicar padrões de diversificação em táxons da região Neotropical. Essas barreiras podem também explicar, em parte, a grande biodiversidade encontrada em ecossistemas montanhosos, como a região dos Andes e da Cadeia do Espinhaço na América do Sul. A distribuição das espécies nesses ambientes tem sido relacionada com vários fatores, tais como heterogeneidade da topografia, dinâmica geológica, alterações climáticas, capacidades de dispersão e interações ecológicas. No entanto, o papel de diferentes componentes da paisagem no estabelecimento de padrões filogeográficos em táxons neotropicais permanece pouco conhecido. Neste sentido, o objetivo deste projeto é avaliar o efeito de diferentes fatores ambientais no estabelecimento do isolamento de populações de espécies da flora de dois ambientes montanhosos da América do Sul, Andes e Cadeia do Espinhaço. Dados genéticos georreferenciados de espécies vegetais serão coletados no bancode dados Global Biodiversity Information Facility e GenBank. Análises de estrutura populacional e diversidade genética, testes de isolamentos por distância, ambiente e resistência, além de modelagem de distribuição de espécies serão realizados a fim de elucidar a importância dos componentes da paisagem na conectividade das populações. Os resultados do presente trabalho deverão oferecer um conhecimento mais amplo sobre os fatores que moldam a biodiversidade em ambientes montanhosos e incentivar estudos de genética da paisagem, área ainda pouco explorada na região Neotropical.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)