Busca avançada
Ano de início
Entree

Explorando o potencial de carreadores lipídicos nanoestruturados funcionalizados com cetuximabe dispersos em hidrogéis termo-responsivos mucoadesivos para a administração intranasal do óleo de cannabis sativa L. no tratamento do glioblastoma multiforme

Processo: 22/11101-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2023
Vigência (Término): 31 de outubro de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Marlus Chorilli
Beneficiário:Jonatas Lobato Duarte
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Cannabis   Funcionalização   Glioblastoma   Nanotecnologia   Nanotecnologia farmacêutica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:câncer de cérebro | cannabis | funcionalização | glioblastoma multiforme | nanotecnologia | Nanotecnologia Farmacêutica

Resumo

O glioblastoma multiforme (GBM) é a neoplasia do Sistema Nervoso Central (SNC) mais incidente e mais agressiva. O óleo de Cannabis sativa L. (OC), vem se destacando como possível alternativa para o tratamento do GBM, uma vez que essas células deste tumor possuem maior expressão de receptores canabinóides, que estão relacionados com apoptose seletiva e interrupção do ciclo celular de células neoplásicas. Devido ao OC possuir limitações físico-químicas que dificultam seu uso, como dificuldade em cruzar a barreira hematoencefálica (BHE) e baixa biodisponibilidade pois é insolúvel em água, seu uso clínico ainda precisa ser aprimorado. De forma a evitar a BHE e disponibilizar o OC de maneira mais eficiente ao cérebro, uma abordagem promissora é a encapsulação da OC em carreadores lipídicos nanoestruturados (CLN) funcionalizados com ligantes específicos de receptores de EGFR, como o cetuximabe (CTX), os quais estão superexpressos em células tumorais de GBM. Eles serão dispreos em hidrogéis mucoadesivos termoresponsivos objetivando administração intranasal, de forma a aumentar a biodisponibilidade cerebral. Assim, o objetivo deste trabalho é a avaliação do potencial de CLNs funcionalizados com CTX dispersos em hidrogéis termo-responsivos mucoadesivos para a administração intranasal de OC no tratamento do GBM. Serão desenvolvidos CLNs funcionalizados com CTX contendo OC (CLN-OC-CTX) através da técnica de fusão-emulsificação seguido de sonicação e caracterizados quanto à sua morfologia, tamanho de particula, índice de polidispersão, potencial zeta e comportamento térmico. A eficiência de acoplamento do CTX aos CLN, além de sua integridade, será também determinada. Os CLN dispersos em hidrogeis mucoadesivos termoresponsivos serão caracterizados quanto sua reologia, mucoadesão, liberação in vitro e permeação e retenção ex vivo. O potencial biológico será determinado utilizando modelos in vitro e in vivo. Espera-se obter uma formulação que favoreça o tratamento local da doença, entregando o OC de modo seletivo às células cancerígenas, com baixa toxicidade sistêmica e eficácia desejável.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)