Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de tratamento com um probiótico como solução irrigadora de canais radiculares na polarização de macrófagos em subtipos m1 e m2 em lesões periapicais induzidas em ratos

Processo: 23/09060-8
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2023
Vigência (Término): 30 de junho de 2024
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Léa Assed Bezerra da Silva
Beneficiário:Gabriela Leite Borges
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Lesões periapicais   Macrófagos   Polarização   Probióticos
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Lesões periapicais | Macrófagos | polarização | probioticos | responta imune-inflamatória | Solução Irrigadora | Odontopediatria

Resumo

As lesões periapicais são o resultado da resposta imune-inflamatória do hospedeiro em resposta a infecções bacterianas nos canais radiculares fundamentalmente provenientes de lesões de cárie. O tratamento endodôntico visa eliminar os microrganismos patogênicos e promover a resolução da inflamação. As soluções irrigadoras convencionais apresentam limitações na eliminação efetiva das bactérias e na modulação do processo inflamatório. No contexto da reação inflamatória, destacam-se a participação fundamental dos macrófagos e o processo de polarização dessas células em subtipos M1 e M2. Recentemente, os probióticos têm despertado interesse na Endodontia como uma alternativa terapêutica promissora. Assim, o presente estudo objetiva avaliar o efeito do probiótico Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019 como solução irrigadora de canais radiculares na polarização de macrófagos nos subtipos M1 e M2 em lesões periapicais induzidas em ratos por meio de análise imunofenotípica dos subtipos de macrófagos M1 e M2. Serão utilizadas lâminas de um estudo prévio realizado com 44 ratos machos adultos da raça Wistar divididos em seis grupos experimentais. Lesões periapicais foram induzidas e tratadas com hipoclorito de sódio e Bifidobacterium animalis subsp. lactis HN019. Análises imunohistoquímicas serão realizadas para determinar a polarização dos macrófagos nos subtipos M1 e M2, e a proporção dos subtipos será avaliada utilizando software de quantificação de imunocoloração. Os dados serão analisados estatisticamente para comparar os grupos de tratamento e determinar a associação entre os grupos e a polarização dos macrófagos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)