Busca avançada
Ano de início
Entree

Dissecando o envolvimento da via indireta dos núcleos da base no processo de tomada de decisão guiada por objetivos específicos ou por hábitos em camundongos.

Processo: 23/03824-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2023
Vigência (Término): 30 de setembro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Pesquisador responsável:Tatiana Lima Ferreira
Beneficiário:Breno Fonseca de Freitas
Instituição Sede: Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Camundongos transgênicos   Gânglios da base   Tomada de decisão   Neurociências
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:camundongos transgênicos | Neurobioogia | núcleos da base | Tomada de Decisão | Neurociência

Resumo

Tomada de decisão é um processo computacional que exige do cérebro a interpretação de estímulos sensoriais externos e sua integração com estímulos internos e as memórias. Os animais constantemente tomam decisões, visto que tal processo é necessário para sua adaptação e sobrevivência a um ambiente em permanente mudança. Os núcleos da base são estruturas essenciais para esse processo. Anos de ciência em neuroanatomia funcional identificaram como as sub-regiões do estriado ventral, dorsomedial e dorsolateral contribuem para a tomada de decisão na seleção de ação decorrente de processos de aprendizado associados a um estímulo reforçador, a consequência da ação e a formação de hábitos. No entanto, o atual avanço neurotecnológico permite explorar as bases neurais dessas funções com maior especificidade das vias envolvidas com diferentes processos de tomada de decisão. O estriado é formado pelos neurônios espinhosos médios que enviam projeções GABAérgicas para a Substância Negra, via direta, ou para o Globo Pálido, via indireta. Teorias indicam que essas vias têm função concorrente quanto a ação ou inibição do comportamento, mas ainda não as diferenciam com relação às sub-regiões estriatais. Neste projeto, utilizaremos camundongos transgênicos para estudar o papel da via indireta do estriado em tarefas de objetivo específico ou hábito no labirinto em T. Iremos padronizar o teste comportamental para camundongos e usaremos a atividade neuronal (expressão Fos), para avaliar a sub-região striatal envolvida na tomada de decisões com objetivos específicos ou orientados pelo hábito. Este estudo contribuirá para o desenvolvimento de melhores teorias sobre o funcionamento do cérebro, bem como fornecerá um substrato científico para novas propostas de tratamento de doenças mentais que têm o comprometimento dos processos decisórios: uso de substâncias, ansiedade e depressão, e distúrbios compulsivos

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)