Busca avançada
Ano de início
Entree

ANÁLISE BIOINFORMÁTICA DA EXPRESSÃO DE GENES DO SISTEMA ANTIOXIDANTE DE ABELHAS Apis mellifera AFRICANIZADAS NA FASE DE CAMPEIRA EXPOSTAS À AGROTÓXICOS

Processo: 23/00572-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2023
Vigência (Término): 30 de junho de 2024
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Ricardo de Oliveira Orsi
Beneficiário:Iloran do Rosário Corrêa Moreira
Instituição Sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Apicultura   Expressão gênica   Polinização   Transcriptoma
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Apicultura | expressão gênica | Polinização | Transcriptoma | Apicultura

Resumo

O uso indiscriminado de agrotóxicos vem afetando negativamente as abelhas e seus serviços de polinização. Portanto, se faz necessário a realização de estudos sobre os agrotóxicos amplamente utilizados no Brasil, afim de avaliar possíveis danos causados à abelha Apis mellifera africanizada. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a toxicidade de três classes diferentes de agrotóxicos na alteração no perfil de expressão gênica do sistema antioxidante decorrente da exposição por ingestão e contato, em abelhas na fase de campeiras. A parte experimental já foi realizada; nesta, as abelhas campeiras selecionadas e marcadas foram alimentadas com xarope de mel contendo a DL50 e DL50/100 dos agrotóxicos, previamente estabelecidas, permanecendo em temperatura e umidade controladas após a ingestão. Posteriormente, as abelhas marcadas foram coletadas e mantidas em ultra freezer (-80°C) até o momento das análises do transcriptoma. O RNA total do tecido cerebral das abelhas foi extraído pelo método de Trizol. Após o preparo da biblioteca as amostras foram sequenciadas em plataforma Illumina. Para este projeto, os cálculos das medidas de expressão gênica a partir das sequências de mRNA e a geração de perfis de expressão gênica serão realizados na plataforma CLC Genomics Workbench 7.01 (CLC Bio, Dinamarca) e selecionados os genes relacionados ao sistema antioxidante das abelhas. Diferenças serão comparadas por ANOVA, seguido pelos testes de Bonferroni e Fisher. Os resultados deste estudo devem fornecer melhor entendimento dos mecanismos moleculares envolvidos nas respostas das abelhas ao estresse causado pela exposição aos agrotóxicos e dessa forma colaborar para a conservação da biodiversidade das abelhas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)